Erros comuns de Português cometidos em concursos públicos

Erros comuns de Português cometidos em concursos públicos

Erros comuns de Português cometidos em concursos públicos

Elo logo mini

Lista dos 5 erros mais comuns de Português cometidos em concursos pelo país.

Português para concursos

A língua portuguesa é uma das responsáveis pela maioria das reprovações de candidatos em concursos públicos. Um dos motivos é que os candidatos acreditam já saberem da matéria e acham que não precisarão estudar para o processo seletivo que escolheram. O português em concursos é bem diferente do ensinado na escola, por isso devemos ter uma dedicação especial para esta disciplina que, aparentemente é fácil, porém, não é.
 
Português é de extrema importância e tem um papel decisivo na classificação ou não de um candidato a concurso público. Saber a sua língua mãe é algo fundamental para se fazer uma comunicação adequada. Sem o conhecimento da língua, não há como se aprofundar em nenhum outro ramo do conhecimento humano. Por isso, a sua exigência em nível tão alto nos concursos. Você imaginaria um servidor público sendo incapaz de redigir um ofício?


Listaremos alguns dos problemas mais enfrentados por candidatos em provas de português:
 

1) Emprego de pronomes


Um tema que é muito comum nas provas de concursos públicos, elas vêm quase sempre como pegadinhas. É importante que o candidato tema bastante cuidado para não confundir as regras sobre colocação de pronomes oblíquos átonos, como “me”, “te”, “se”, “lhe”, “o” e “a”.
 

2) Ortografia


Algumas bancas costumam eliminar candidato que deslizam na ortografia. Isso demonstra a falta de leitura e a falta de preocupação com o que lê dos candidatos.
 

3) Uso da crase


A fusão do artigo feminino “a”  com a preposição “a” tem regras específicas de emprego. Isto costuma confundir os concurseiros.
 

4) Aonde x Onde


Mais um exemplo que mostra a influência do português falado podendo atrapalhar os candidatos. O “onde” é empregado para dar ideia de algo fixo, tipo: “Onde você mora?”. Já o “aonde”, dar ideia de movimento, de mudança, exemplo: “Aonde você foi?”.
 

5) Interpretação de textos e enunciados


Muitas vezes os candidatos têm o hábito de não lerem o texto, ou de só achar que leu. A falta de paciência dos concurseiros ou a preocupação com o tempo que com que percam a concentração na leitura.

É essencial a dedicação dos candidatos na aprendizagem da Língua Portuguesa. Por isso, o Elo Concursos preparou um Curso de Português para Concursos, com um conteúdo programático fundamental para um bom desempenho nos concursos públicos. Com um preço acessível e uma estrutura de ensino diferenciada, você será capacitado para as exigências dos principais concursos do país.
 
 

Formas de Pagamento

85% de aprovação em concursos
SSL