Mapas mentais técnica para passar em Concursos

Mapas mentais técnica para passar em Concursos

Mapas mentais técnica para passar em Concursos

Elo logo mini

Conheça as etapas para desenvolver Mapas mentais em seus estudos para concursos.


Passar em concursos públicos não é uma tarefa fácil, até porque se fosse todo mundo seria funcionário público. E para encarar as horas de estudos, nada melhor do que utilizar técnica para um maior aprendizado do conteúdo estudando. Uma dessas técnicas são os Mapas Mentais, uma ferramenta criada pelo inglês Tony Buzan na década de 70 e se destaca por estimular os dois lados do cérebro. O lado esquerdo fica responsável pelas palavras-chave, hierarquização das informações; e o lado direito pela junção e interpretação das cores e imagens, explica a professora Liz.
 
Resumindo, o mapa mental é uma técnica que ajuda no processo de organização do pensamento. Uma forma de hierarquizar o pensamento e a compreender melhor as informações sobre qualquer assunto.
 

Como fazer mapas mentais?


Literalmente é preciso apenas papel, canetas coloridas, criatividade e força de vontade. Porque, embora a técnica seja um pouco simples, ela não deve ser confundida com simplória.

O candidato deverá separar e ler um texto grifando de maneira colorida o que julgar importante, identificando as palavras-chaves por categorias de informações. Em seguida, coloque no centro do papel o tema sobre o qual você irá trabalhar.

Ele deverá refletir sobre o primeiro tópico relacionado ao tema e destaque o título no papel. Após essa etapa, ramifique o tópico e crie sub-tópicos, de acordo com os assuntos dentro daquele assunto inicial. Utilize as palavras-chave destacadas no texto e repita o processo com cada tópico que julgar importante.
 

Etapas do Mapa mental:


1 - Comece com folha de papel sem pauta horizontal
2 - Tenha cores diferentes
3 - Esteja atento às palavras-chaves e principais conceitos
4 - Identifique o tema, matéria, capítulo
5 - Use letra de forma, para ser mais legível
6 - Use letras grandes, pois elas estimulam o canal visual e agilizam as revisões
7 - Abrevie as palavras o máximo possível
8 - Escreva do centro para as extremidades
9 - Quebre os temas principais em níveis, de acordo com o grau de importância
10 - Abuse de imagens, desenhos que simbolizem o conteúdo abordado

Conclusão:


Não importa qual é a melhor técnica, você deverá estudar bastante, mesmo existindo técnicas diferentes, você pode e deve criar sua própria técnica para seus estudos preparatórios de acordo com sua disponibilidade para isso. Sabia que essa técnica de Mapa mental não é revolucionária, não se tratando de uma fórmula milagrosa. Ela é apenas uma maneira de estudar.

Formas de Pagamento

85% de aprovação em concursos
SSL