concurseiros

concurseiros

Concurseiros: Estuda há muito tempo, mas nunca é aprovado? Temos uma dica!

Elo logo mini

Depois de passar por todas as etapas do Guia do Concurseiro, resolvi deixar um artigo bônus pra você. E que talvez seja algo que te incomode muito.

Se você está no mundo dos concurseiros há algum tempo, já deve ter ouvido a frase: “você não estuda para passar, estuda até passar”. É preciso paciência, dedicação e persistência. Porém, se você está estudando há muito tempo e não consegue ser aprovado, pode ser que haja algo errado na sua preparação.

Provavelmente, você está esquecendo de seguir algum ponto do nosso Guia do Concurseiro, não se ache anormal por não ser aprovado. Volte desde o começo, pegue um papel e caneta, e siga exatemente tudo o que ensinamos.

Separamos abaixo os principais problemas enfrentados pelos concurseiros, que você pode ter deixado passar, e como você pode consertá-los para conseguir sua aprovação. Leia com muita atenção!

Você está revisando?


Muitas vezes, os concurseiros ficam horas por dia estudando e simplesmente não conseguem reter os conteúdos para a prova. Por que isso acontece? O problema pode estar justamente nas  revisões sistemáticas, assunto que já abordamos aqui e aqui. Você não vai conseguir guardar as matérias para a prova se não revisá-las periodicamente. A simples leitura e acúmulo de matérias pode dar a sensação de cobrir uma parte maior do conteúdo com mais rapidez, mas ela é contraproducente.

O método de revisão é o que menos importa. Teste o que funciona melhor para você. O importante é que você tenha um modo de revisar cada uma das matérias que estuda, para que não se esqueça delas no dia da prova. Fichas-resumo, resumos em caderno, marcações em textos e mapas mentais são alguns exemplos de métodos de revisão utilizados por concurseiros.

Faça muitos, mas muitos exercícios mesmo!


Da mesma forma que é imprescindível revisar as matérias que aprender, você também deve realizar muitos exercícios. Afinal, eles também são uma forma de revisão. Não despreze essa etapa, aqui reside o erro da maioria dos concurseiros. Fazer simualdos com questões da banca pela qual prestará seu próximo concurso, é o que fará diferença na sua aprovação e o que fará você disparar na frente dos seus concorrentes.

O mais importante é jamais fazer questões de prova sem ter o gabarito. Fazendo exercícios de modo sistemático você se acostuma com a linguagem e o tipo de perguntas feitas pela banca, podendo direcionar melhor seus estudos e tendo mais segurança no dia da prova.

Talvez seja hora de mudar de ares.


Você pode passar em qualquer concurso, desde que tenha os pré-requisitos que o edital exige. Os fóruns na internet estão lotados de exemplos de pessoas que nunca estudaram para concursos, tinham dificuldades na escola e mesmo assim conseguiriam ser aprovadas, com dedicação e disciplina. Você pode dominar mesmo as matérias que teve mais dificuldades ao longo da vida.

Porém, um erro muito comum dos concurseiros é estudar para um concurso que não tem o seu perfil. A remuneração é muito importante, mas não deve ser o único fator a ser pesado na escolha de qual área de concurso você vai prestar. Se você tem afinidade com as atividades desenvolvidas pelo cargo e com as matérias cobradas em seu concurso, ficará muito mais estimulante estudar.

Mudar o foco de concurso não deve ser uma decisão tomada de impulso. Pese os prós e contras, analise outros editais e faça provas de concursos de outras áreas. Evite a troca constante da área de concurso, que poderá atrasar ainda mais a sua aprovação.

Aprenda a relaxar.


Não deixe que ninguém minta para você: é sempre estressante fazer um concurso público. Se você levou a sério sua preparação e sabe que pode concorrer a uma vaga, sofrerá algum tipo de estresse no dia da prova. O problema é o modo que você lida com ele. Se você tem dificuldade de lidar com esse nervosismo, existem algumas técnicas que podem lhe ajudar.

Faça alongamentos ao longo da prova. Além de lhe ajudarem a não ter dores, o alongamento é um ótimo exercício de relaxamento, que ainda ajuda a tirar um pouco o foco da prova num momento mais estressante. Outra dica interessante é inspirar e expirar profundamente, de olhos fechados, por dez vezes. Dê maior foco à expiração, exalando o ar com força; se ficar tonto, pare um pouco e retome o exercício. Saiba também que você pode, e deve, sair um pouco da sala durante a prova. Vá ao banheiro e encha sua garrafa de água.

Para fazer uma prova de modo mais relaxado é importante também o período de preparação. Não estude apenas, faça exercícios físicos e tenha alguma atividade relaxante no seu dia a dia. Acredite: estudar demais é um problema sério, que pode atrapalhar muitos concurseiros.


Bom, encerramos aqui o nosso Guia do Concurseiro. Novamente vou deixar uma dica: se você quer mesmo ser aprovado, pegue um papel e uma caneta, e anote os pontos mais importantes. Volte em cada capítulo do nosso guia clicando no banner abaixo e anote tudo para que você não esqueça de pôr em prática o essencial. 

Todo mundo é aprovado em concurso público, então você também vai ser! Se ainda não chegou a sua vez, é poque tem algo errado nos seus estudos, ou até mesmo no dia da prova. Mas com todas as dicas que desenvolvemos ao longo desse guia, você saberá identifica-las e superá-las sem nenhum problema.

Boa sorte nessa jornada e conte com o Elo Concursos sempre que precisar!

Guia do Concurseiro

Fonte: Elo Concursos

Formas de Pagamento

85% de aprovação em concursos
SSL