Concurso PC RR (Polícia Civil) 2018: Previsão de edital até março

Concurso PC RR

Concurso PC RR 2018 previsão de novo edital é para que ocorra até março.  Concurso exigirá nível superior e salários chegam até R$ 18 mil!

[ATUALIZADA 18/01/2018]  Para os concurseiros do Brasil inteiro e principalmente do estado do Roraima, esta previsto mais um edital. A previsão é que em breve seja liberado o concurso PC RR (Polícia Civil). A Delegada Edinéia Chagas afirmou que a previsão é que o concurso seja liberado até o mês de março e reforçou que a previsão é para agilizar ao máximo todo processo. “Hoje em dia são 66 delegados, com um quantitativo geral de 400 agentes, quando o ideal pela lei é de mil agente” afirma Edinéia.

A previsão é que sejam liberadas um total de 400 vagas em várias frentes de atuação, entre elas cargos de nível médio e superior. Conforme o secretário da sesp ( Secretaria de Segurança Pública Estadual ), a previsão é que sejam liberadas no mínimo: 40 delegados, 150 escrivães, 100 agentes, 20 peritos, 20 odontologistas e também vagas para auxiliar de necrópsia, auxiliar de papiloscopista e perito papiloscopista. A necessidade do concurso se da ainda mais pelo tempo que a Polícia Civil não aumenta seu efetivo. Chega a 10 anos sem ter a realização de um novo concurso.

Conforme publicação no Diário Oficial, a banca organizadora já foi definida para um novo concurso. Será da responsabilidade da Vunespe a organização do certame, por possuir uma melhor proposta comercial e uma melhor capacidade organizacional comprovada na documentação apresentada.

Resumo do Concurso Polícia Civil RR

    • Concurso:  Polícia Civil do Estado de Roraima  (Concurso PC RR)
    • Situação: Edital Previsto
    • Cargos: Delegados, Escrivães, Agentes, Peritos, Odontologistas , Auxiliar de Necrópsia, Auxiliar de Papiloscopista e Perito papiloscopista
    • Escolaridade: Nível Médio e Nível Superior
    • Remuneração: Até R$ 3.970,56 Iniciais
    • Número de vagas: 400 vagas previstas
    • Banca organizadora: Vunesp
    • Previsão do novo edital: 2018

 

[FIM DA ATUALIZAÇÃO]

[ATUALIZADA 26/10] A Polícia Civil do Estado de Roraima (PC RR) assinou acordo com o Ministério Público estadual e Procuradoria-Geral para assegurar celeridade e lisura durante a realização do certame. Segundo nota divulgada pelo governo, o objetivo é suprir as necessidades de todo o estado, com oferta de até 400 vagas em todas as categorias.

A expectativa é de que o edital seja publicado este ano e as provas serem aplicadas no início de 2018. A Polícia firmou contrato com a banca organizadora Fundação Vunesp em outubro, por apresentar melhor proposta comercial e capacidade técnica para realização e aplicação do certame.

[FIM DA ATUALIZAÇÃO]

[ATUALIZADA 25/09] A Fundação Vunesp foi definida como banca organizadora Concurso Polícia Civil RR 2017 porque apresentou melhor proposta comercial e capacidade técnica do que as outras três empresas selecionadas para concorrer à banca. Há mais de 10 anos a polícia não abre novas seleções e de acordo com nota divulgada pelo governo do Estado, o próximo edital será publicado até o final deste ano para ofertar 400 vagas em diversos cargos de nível médio e superior para suprir o déficit da corporação.

O secretário de Segurança Pública Estadual (Sesp) e delegado Francisco Araújo informou que o edital ofertará até 150 vagas para escrivães, 100 para agentes, 40 para delegados, 20 apara peritos, 20 para odontologistas, além de vagas para auxiliar de necrópsia, auxiliar de papiloscopista e perito papiloscopista.

[FIM DA ATUALIZAÇÃO]

[ATUALIZADA 20/09] De acordo com informação divulgada pelo governo de Roraima, a Polícia Civil do Estado (PC RR) aguarda nota técnica da Secretaria de Planejamento (Seplan) sobre os limites da Lei de Responsabilidade Fiscal, para iniciar processo de escolha da banca organizadora Concurso Polícia Civil RR 2017. De acordo com a governadora Suely Campos, o novo edital será publicado este ano e as provas aplicadas no início de 2018, para suprir as necessidades do Estado que há mais de 10 anos não abre seleção para a categoria.

O secretário de Segurança Pública Estadual (Sesp) e delegado Francisco Araújo informou que o déficit nos cargos de delegado e policiais é grande devido às aposentadorias e a expectativa é de que o edital oferte até 400 vagas em todas as carreiras da corporação, de níveis médio e superior. A Polícia Civil precisa de até 40 delegados, 150 escrivães, 100 agentes, 20 peritos e 20 odontologistas, além de vagas para auxiliar de necrópsia, auxiliar de papiloscopista e perito papiloscopista.

Os cargos de auxiliar exigem nível médio completo e possuem remuneração inicial de R$2.647,03. O cargo de delegado exige nível superior em direito e conta com salário inicial de R$18.387,00. Os demais cargos exigem nível superior em qualquer área e possuem inicial de R$3.970,56.

[FIM DA ATUALILZAÇÃO]

A governadora do Estado de Roraima, Suely Campos anunciou Concurso Polícia Civil RR 2017 que ofertará 400 vagas de nível médio e superior em edital que será publicado até o final deste ano. De acordo com o secretário de Segurança Pública Estadual (Sesp), o delegado Francisco Araújo, a expectativa é de que as ofertas sejam para todas as categorias devido ao déficit da corporação.

A previsão é de que sejam ofertadas 150 vagas para escrivães, 100 agentes, 40 delegados, 20 peritos, 20 odontologistas e também vagas para auxiliar de necrópsica, auxiliar e perito de papiloscopista. Para concorrer ao cargo de delegado é exigido nível superior em direito; aos cargos de escrivão, agente e perito é preciso possuir nível superior em qualquer área; e nos cargos de auxiliar de necropsia e auxiliar de perito é exigido nível médio completo.

As remunerações iniciais variam entre R$2.647,03 para os de nível médio, R$3.970,56 para os de nível superior em qualquer área e R$18.387,00 para nível superior em direito.

O órgão não realiza concurso há mais de 10 anos e o último ofertou 930 vagas em todos os níveis de escolaridade. Para os de nível fundamental foram ofertados 20 para auxiliar de necropsia e 20 para auxiliar de perito criminal. Os de nível médio, 400 para agente, 200 para agente carcerário, 100 para escrivão, 100 para delegado e 30 para perito papiloscopista. Os de nível superior, 30 para perito, 25 para médico-legista e cinco para odontologista.

A seleção contou com prova objetiva, prova discursiva, avaliação psicológica, exames biométricos e psicológicos, avaliação da capacidade física e investigação social. As provas objetivas e discursivas foram diferentes para cada cargo. Para delegado 100 questões versavam sobre conhecimentos específicos e 50 de conhecimentos gerais, além de redação.

Para agente escrição e perito papiloscopista possuiam 150 questões de conhecimentos gerais e específicos. Para os cargos de médico-legista, odontologista e perito criminal foram aplicadas 75 questões sobre conhecimentos gerais e 75 de conhecimentos específicos.

CONFIRA ÚLTIMO EDITAL CONCURSO PC RR 2003