Concurso Polícia Civil ES 2018: Autorizadas 173 vagas

Concurso Polícia Civil ES

Concurso Polícia Civil ES 2018 tem autorização liberada para realização de concurso público com preenchimento de 173 vagas! Salários chegam a R$ 4.860,80.

Uma ótima nóticia para o estado do Espirito Santo. Foi autorizado o concurso Polícia Civil ES (Concurso PC ES). O edital será liberado para o preenchimento de 173 vagas que estão divididas em cargos de nível médio e nível superior. De acordo com anuncio feito pelo governador Paulo Hartung, o próximo passo agora é analisar as propostas e realizar a contratação da banca organizadora.

As 173 vagas disponíveis irão preencher as seguintes carreiras:

4 vagas para Psicólogo
15 para Médico Legista,
20 para Auxiliar de Perícia Médico Legal,
20 para Escrivão de Polícia,
50 para Perito Oficial Criminoso
60 para Investigador de Polícia

Último Concurso

O último concurso Polícia Civil ES foi realizado no ano de 2013 e contou com um total de 113 vagas. O concurso teve como organizadora do certame a Funcab, o que não deixa de ser uma nova possibilidade para o concurso deste ano.

Os candidatos que prestaram o concurso, enfrentaram matérias como:

Língua Portuguesa,
Raciocínio Lógico Matemático,
Direito Constitucional,
Direito Administrativo,
Direito Penal
Legislação Extravagante,
Direito Processual Penal
Conhecimentos Específicos

Todas de acordo com cada área de atuação. Além da prova objetiva, os candidatos ainda enfrentaram uma prova discursiva.

Para o cargo de escrivão, os candidatos ainda enfrentaram uma prova de Digitação, onde os candidatos devem transcrever um texto obtendo uma pontuação mínima.

Requisitos para o Cargo

Para os concurseiros interessados no concurso Polícia Civil ES,  são necessários atenção em alguns requisitos do concurso passado que devem se estender para este novo concurso.  São eles:

I – Ser aprovado em todas as etapas do concurso público.
II – Ter nacionalidade brasileira ou portuguesa e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar
amparado pelo Estatuto de Igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do
gozo dos direitos políticos, nos termos do artigo 12, §1º, da Constituição Federal.
III – Estar em dia com as obrigações eleitorais e militares (candidatos do sexo masculino).
IV – Possuir carteira de identidade civil.
V – Possuir os requisitos exigidos para o exercício do cargo, na data da posse.
VI – Ter idade mínima de dezoito anos completos na data da posse.
VII – Firmar declaração de não estar cumprindo sanção por inidoneidade ou indisciplina, aplicada
por qualquer órgão público e/ou entidade da esfera federal, estadual e/ou municipal.
VIII – Cumprir as determinações deste Edital.
IX – Ter aptidão física e técnica para o exercício das atribuições do cargo.

Dentre outras exigências.