Concurso PC/SP: Mais dois editais são publicados

policia-civil-sp

Concurso Polícia Civil SP 2018 conta com sete editais lançados totalizando 2.750 vagas em várias áreas de atuação. Confira!

Turma Policia Civil Brasil

[ATUALIZADA 03/05/2018] Foram divulgados mais dois editais para a Polícia Civil do estado de São Paulo. No total são sete editais publicados somando 2.750 vagas para vários cargos. Os dois últimos oferecem 600 vagas nos cargos de Agente de Polícia e Auxiliar de Papiloscopista Policial.

Agente Policial: Ensino médio completo, Carteira de Habilitação – categoria “D”

Atribuições: Dirigir viatura policial para os mais diversos trabalhos policiais e administrativos, zelar pelo seu bom funcionamento, manutenção e limpeza, além do cumprimento de diligências ou requisições determinadas pela Autoridade Policial no âmbito das atividades de polícia judiciária; portar arma de fogo, distintivo e algemas.

Auxiliar de Papiloscopista: Ensino médio completo, Carteira de Habilitação – categoria “B”

Atribuições: Executar trabalho de coleta de impressões digitais para identificação pessoal; registrar e encaminhar os dados coletados para classificação e pesquisa; auxiliar o papiloscopista policial no desempenho de suas atribuições e auxiliar na elaboração do processo relacionado à identificação criminal e civil, na coleta impressões digitais de pessoas.

Os salários das funções são de R$ 2.905,34.

As inscrições devem ser feitas no site – www.vunesp.com.br – do dia 10 de maio a 08 de junho. A taxa de participação é de R$ 56,54.

As provas objetivas terão 80 questões sobre Língua Portuguesa, Noções de Direito, Noções de Criminologia, Noções de Informática, Noções de Lógica e Atualidades para Agente; e de Língua Portuguesa, Noções de Direito, Noções de Criminologia, Noções de Medicina, Odontologia Legal, Noções de Informática, Noções de Lógica, Noções de Identificação, Conhecimentos gerais e Atualidades para Auxiliar de Papiloscopista.

As avaliações serão realizadas no dia 08 de julho nas cidades de de Araçatuba, Bauru, Campinas, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo (capital e grande São Paulo), Piracicaba e Sorocaba.

O concurso terá validade de dois anos, podendo ser prorrogado uma vez, por igual período, a critério da administração responsável.

• Confira o edital – Agente Policial

• Confira o edital – Auxiliar de Papiloscopista

[FIM DA ATUALIZAÇÃO]

As inscrições para o cargo de Delegado da Polícia Civil de São Paulo foram prorrogadas. O concurso oferece 250 vagas e tem a Fundação Vunesp como banca organizadora. Do total de vagas, 5% serão destinadas aos candidatos com deficiência.

Cargo – Exigências ↓

Nível superior em Direito, comprovação de, no mínimo, dois anos de atividade jurídica ou dois anos de efetivo exercício em cargo de natureza policial civil, habilitação na categoria ‘B’, entre outros requisitos.

O salário inicial da função é de R$ 9.507,77.

As inscrições já estão abertas e devem ser feitas no site – www.vunesp.com.braté o dia 11 de maio. A taxa de participação é de R$ 84,81.

A seleção contará com prova preambular com 100 questões de direito penal, direito processual penal, legislação especial, direito constitucional, direitos humanos, direito administrativo, direito civil, medicina legal e noções de informática; além de prova escrita contendo uma questão dissertativa e quatro discursivas, investigação social, prova oral e avaliação de títulos.

A avaliação preambular será realizada no dia 27 de maio, em locais e horários a serem informados pela Vunesp.

O concurso terá validade de dois anos, podendo ser prorrogado uma vez, por igual período, a critério da administração responsável.

• Confira o edital – Concurso PC/SP Delegado

[ATUALIZADA 25/04/2018] Nesta quarta-feira, 25 de abril, foi divulgado edital para o novo concurso público da Polícia Civil do estado de São Paulo. A oferta é de 500 vagas em cargos de nível médio. No total de vagas, 25 serão reservadas aos candidatos com deficiência. A Fundação Vunesp será a responsável pela seleção.

  • Cargos – Nível Médio ↓

1. Papiloscopista Policial (200 vagas): 190 vagas para ampla concorrência e 10 para candidatos com deficiência. O salário inicial é de R$ 3.589,86 mais benefícios.

Exigências: Nível médio completo, idade mínima de 18 anos, Carteira Nacional de Habilitação (CNH) em categoria ‘B’, além de não registrar antecedentes criminais e estar no gozo dos direitos políticos, eleitorais e militares.

Atribuições do cargo: Atividades inerentes ao estudo das impressões digitais na palma das mãos, dedos e na sola dos pés através das papilas dérmicas aptas a identificar o ser humano. Também cuida dos trabalhos de coleta, análise, pesquisa e arquivamento dos documentos pertinentes, assistindo ao Delegado de Polícia, bem como planejar, coordenar e controlar a realização de captura e pesquisa em banco de dados automatizados de leitura, comparação e identificação de impressões papilares.

• Confira edital – Papiloscopista

2. Agente de Telecomunicações (300 vagas): 285 para ampla concorrência e 15 para candidatos com deficiência. O salário é de R$ 3.589,86 mais benefícios.

Exigências: Nível médio completo, idade mínima de 18 anos, Carteira Nacional de Habilitação (CNH) em categoria ‘B’, além de não registrar antecedentes criminais e estar no gozo dos direitos políticos, eleitorais e militares.

Atribuições do cargo: Tarefas de transmissão ou recepção de informações de qualquer natureza por fio, radio, eletricidade, meios óticos ou qualquer outro processo eletromagnético, dentre outras a elas relacionadas ou delas decorrentes, além daquelas descritas na Lei Complementar n.º 207, de 5 de janeiro de 1979, e na Portaria DGP-30, de 14 de novembro de 2012.

• Confira o edital – Agente de Telecomunicações

 As inscrições devem ser feitas no site – www.vunesp.com.br – do dia 03 de maio a 1º de junho. A taxa de participação é de R$ 56,54.

Avaliação para Papiliscopista: Prova objetiva contendo 80 questões sobre língua portuguesa, noções de direito, noções de criminologia, noções de informática e comunicação, noções de lógica e atualidades, além de noções de medicina, odontologia legal, noções de biologia e noções de identificação.

As provas serão realizadas no dia 1º de julho nas cidades de Araçatuba, Bauru, Campinas, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo (Capital e Grande São Paulo), Piracicaba e Sorocaba.

Avaliação para Agente de Telecomunicações: Prova objetiva contendo 80 questões de língua portuguesa, noções de direito, noções de criminologia, noções de informática e comunicação, noções de lógica e atualidades.

O concurso terá validade de dois anos, podendo ser prorrogado uma vez, por igual período, a critério da Secretaria de Segurança Pública.

[ATUALIZADA 06/04/2018] Foi divulgado no Diário Oficial do Estado, dois editais para o concurso da Polícia Civil do estado de São Paulo. A oferta é de 1.400 vagas, sendo 800 para o cargo de Escrivão e 600 para Investigador da Polícia. Do total de vagas, 70 serão destinadas a candidatos portadores de deficiência. A Fundação Vunesp será a organizadora da seleção.

• Edital 01/2018 – Escrivão ↓

Requisitos: Ensino superior em qualquer área e Carteira de Habilitação – categoria mínima “B”.

Atribuições: Elaboração de registros digitais de ocorrência; termos circunstanciados; inquéritos policiais – em todas as suas formas de instauração; processos administrativos; sindicâncias; apurações e demais peças e documentos policiais, tendo ainda como atribuição a organização cartorária, sob a presidência direta do Delegado de Polícia.

 O salário inicial é de R$ 3.743,98.

• Edital 02/2018 – Investigador ↓

Requisitos: Ensino superior em qualquer área e Carteira de Habilitação – categoria mínima “B”.

Atribuições: Realizar diligências investigatórias e de policiamento preventivo especializado; cumprir requisições escritas ou verbais atinentes ao trabalho de polícia judiciária, emanadas pela autoridade policial; cumprir mandados; elaborar documentos de polícia judiciária e relatórios circunstanciais; escoltar presos; realizar prisões e apreensões; manter a segurança de locais onde se desenvolve a atividade policial civil; atender ao público interno e externo no desempenho da atividade policial; intervir em ocorrências de natureza criminal; conduzir viaturas policiais; transportar pessoas e coisas vinculadas a ocorrências policiais, entre outras.

O salário inicial é de R$ 3.743,98.

As inscrições devem ser feitas pelo site – www.vunesp.com.br – do dia 16 de abril a 15 de maio. A taxa de participação é de R$ 84,81.

A primeira etapa terá prova contendo 100 questões de Língua Portuguesa, Noções de Direito, Noções de Informática, Noções de Criminologia, Noções de Lógica e Atualidades previstas para o dia 10 de junho a serem realizadas nas cidades de Araçatuba, Bauru, Campinas, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo, Piracicaba e Sorocaba.

Com a aprovação, o candidato fará as etapas seguintes que são prova escrita sobre Língua Portuguesa, Noções de Direito, Noções de Informática e Noções de Criminologia para Escrivão e sobre Noções de Direito e Noções de Criminologia para Investigador; investigação social, prova de títulos; prova oral sobre Língua Portuguesa, Noções de Direito, Noções de Criminologia e Atualidades; e avaliação de títulos.

O concurso terá validade de dois anos, podendo ser prorrogado uma vez, por igual período, a critério do órgão responsável.

[ATUALIZADA 22/11/2017] O delegado geral da Polícia Civil de São Paulo (PC SP), Youssef Abou Chahin informou que as comissões organizadoras Concurso PC SP 2018 foram definidas e a publicação de sete editais para preencher 2.750 vagas em diversas carreiras da corporação serão divulgadas em janeiro. A expectativa é de que a banca organizadora dos certames seja contratada até o final deste ano, para que os editais, assim como as inscrições, iniciem em janeiro.

A oferta total de vagas nos certames não suprirá o déficit da corporação. Atualmente o órgão carece de 10.400 policiais, sem contar com as 1.200 aposentadorias previstas.

[FIM DA ATUALIZAÇÃO]

[ATUALIZADA 07/11] O governador do estado, Geraldo Alckimin autorizou a oferta de 2.750 vagas Concurso Polícia Civil SP 2017 para todas as carreiras da corporação. No anuncio realizado na última quarta-feira, 1 de novembro, o governador também informou o esgotamento na lista de nomeados no último concurso.

Do total de vagas, 800 serão para escrivão e 600 para investigador, ambos de nível superior em qualquer área, 250 para delegado de nível superior em direito, 400 vagas para agente policial, 300 de agente de telecomunicação, 200 vagas de auxiliar de papiloscopista e 200 papiloscopista, todos de nível médio.

[FIM DA ATUALIZAÇÃO]

[ATUALIZADA 01/11] O governador do estado, Geraldo Alckimin vai anunciar autorização Concurso Polícia Civil SP 2017 durante evento que será realizado nesta quarta-feira, 1 de novembro na corporação, para nomeação de aprovados no concurso de 2013. A autorização será para o provimento de 2.750 vagas em diversos cargos da polícia.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Investigadores de Polícia do Estado de São Paulo (Sipesp), João Rebouças, o déficit de pessoal da corporação é de 10.400 servidores, sem contar as 1.200 aposentadorias previstas para este ano. Outras medidas que serão anunciadas pelo governador é a modernização de 120 delegacias, a aquisição de novas viaturas e a assinatura do Decreto para promover o cargo de delegado.

[FIM DA ATUALIZAÇÃO]

[ATUALIZADA 25/10] O secretário da Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho anunciou que o edital Concurso Polícia Civil SP será divulgado em novembro para ofertar vagas em diversos cargos da corporação. A deputada estadual Marcia Lia denunciou ao Ministério Público do Estado de São Paulo que a Polícia Civil de São Paulo apresenta déficit de profissionais.

Segundo a parlamentar, as carreiras apresentam déficit de 40% no cargo de necropsia, 25% no de investigador e 17% para delegado em todo o estado. O quadro de servidores desde o início do ano aumentou nos cargos de perito e médico legista, mas as outras carreiras apresentaram quedas, o que agravou a situação de déficit da corporação.

No último concurso realizado pela corporação em 2013, a oferta era de 1.348 vagas em diversos cargos, mas só foram efetivados 787 aprovados. Para regular o processo de realização de concursos, a deputada apresentou um Projeto de Lei Complementar (PLC) 28/2016 para impedir que novos certames fossem abertos apenas para formação de cadastro reserva.

[FIM DA ATUALIZAÇÃO]

[ATUALIZADA 28/08] O secretário de Segurança Pública, Mágino Alves informou que o edital Concurso Polícia Civil SP 2017 será divulgado até dezembro para ofertar 2.074 vagas em diversos cargos da corporação de nível médio e superior. O pedido que tramita desde maio na Secretaria de Gestão Pública (SGP/SP) é para preencher 4.438 vagas neste ano, sendo 2.364 para convocação de aprovados no último concurso realizado pela corporação.

Do total de vagas que serão ofertadas no novo edital, 253 são para cargo de nível médio nas carreiras de fotógrafo técnico pericial (86), auxiliar de necropsia (68), atendente de necrotério policial (59) e desenhista técnico pericial (40). As remunerações dos cargos variam entre R$3.365,00 e R$4.023,29, já incluso adicional de insalubridade.

Para os de nível superior serão oferecidas 1.821 vagas nos cargos de investigador de polícia (1.012), perito criminal (329), escrivão de polícia (296), médico legista (104) e delegado (80). Os cargos possuem remuneração que variam entre R$4.171,49, R$8.538,49 e R$ 10.079,28, já incluso adicional de insalubridade.

Nos próximos quatro meses mais 1.224 aprovados no último concurso realizado pela corporação em 2013 serão convocados para preencher as 2.364 vagas que constava no pedido encaminhado em 2016 pela corporação. As nomeações serão para 902 vagas no cargo de investigador, 258 de escrivão e 64 de delegado.

[FIM DA ATUALIZAÇÃO]

[ATUALIZADA 27/04] O governador Geraldo Alckmin autorizou a nomeação de 1.118 aprovados nos últimos concursos da instituição. A nomeação constava no pedido encaminhado em 2016 pela Secretaria Estadual de Gestão Pública (SGP/SP) para preencher 4.438 vagas, sendo 2.364 para remanescentes e 2.074 vagas para Concurso Polícia Civil SP 2017.

A nomeação dos aprovados nos últimos concursos estão distribuídas em 74 vagas no cargo de delegado, 321 investigador, 527 escrivão, 57 médico legista, 61 perito, 16 técnico de laboratório e 62 oficial administrativo.

O pedido tramita desde maio na Secretaria de Gestão Pública (SGP/SP) e as 2.074 vagas solicitadas para o novo concurso serão para 253 vagas de nível médio e 1.821 para nível superior. Os salários iniciais dos cargos variam entre R$3.365 a R$10.079,28 para jornada de trabalho de 40h semanais.

[FIM DA ATUALIZAÇÃO]

[ATUALIZADA 09/02] Apesar da Polícia Civil do estado de São Paulo ter apenas 75% dos seus cargos ocupados e o orçamento ter sido aprovado para realização Concurso Polícia Civil SP 2017, um novo concurso ainda precisa ser autorizado, o que deve demorar, porque os últimos concursos estão com validade vigente. O pedido em andamento na Secretaria de Segurança Pública de São Paulo consta pedido de 4.438 vagas em concursos durante 2017, deste total, 2.074 seriam de um novo concurso e 2.364 dos concursos realizados em 2014.

Neste ano a instituição já registrou 381 aposentadorias, com déficit maior nos cargos de investigador e escrivão. A Polícia Técnico-Científica que é responsável pela perícia dos crimes, também possui déficit alto, cerca de 60% do total de servidores. Em dezembro de 2016 foi sancionada lei 16.347 referente ao orçamento da receita fixa e das despesas do estado para o ano de 2017, que reserva R$115,5 milhões para a Polícia Civil para realização do concurso e também aos cursos de formação desses profissionais.

O predido prevê vagas para candidatos de nível médio e técnico para as carreiras de fotógrafo, desenhista, atendente e auxiliar de necrotério, com salários iniciais que variam entre R$3.365,00 e R$4.023,29. As vagas de nível superior são para investigador, escrivão, perito, médico legista e delegado, contando com remuneração entre R$4.171,49 e R$10.079,28. Todos os valores mencionados já incluem adicional de insalubridade.

[FIM DA ATUALIZAÇÃO]

[ATUALIZADA 23/01] A Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) no último dia 21 de dezembro aprovou o projeto de lei orçamentária estadual que prevê R$115,5 milhões para realização Concurso Polícia Civil SP 2017. O pedido tramita desde maio de 2016 na Secretaria de Gestão Pública (SGP/SP) para preencher 4.438 vagas em 2017, sendo 2.074 para o novo concurso e 2.364 para convocação de aprovados em concursos anteriores.

Do total de vagas solicitado para convocação dos aprovados em concurso anteriores serão 1.999 vagas de nível superior, sendo 1.078 para escrivão, 406 para investiador da polícia, 222 para perito criminal, 153 para delegado e 140 para médico legista. Das vagas solicitadas para o novo concurso, 253 são para diversos cargos de nível médio e 1.821 para nível superior, com remunerações iniciais que variam entre R$3.365,00 a R$10.079,28, para jornadas de trabalho de 40 horas semanais.

Cargos – Nível Médio
Das 253 vagas, 86 são para o cargo de fotógrafo técnico pericial, 40 para desenhista técnico pericial, 59 para atendente de necrotério policial e 68 para auxiliar de necropsia. Para o cargo de atendente de necrotério, a remuneração inicial é de R$3.365,00, já incluso adicional de insalubridade no valor de R$571,51, para o restante dos cargos, a remuneração inicial é de R$4.023,29, já incluso benefício.

Cargos – Nível Superior
Das 1.821 vagas, 1.012 são para investigador de polícia, 296 para escrivão, 329 para perito criminal, 104 para médico legista e 80 para delegado. As remuneraçõs iniciais variam de R$4.171,49 para escrivão, R$8.538,49 para perito e legista e R$10.079,28 para delegado, já incluso adicional.

[FIM DA ATUALIZAÇÃO]

[ATUALIZADA 07/11] O governador Geraldo Alckmin (PSDB) anunciou que irá nomear 835 aprovados Concurso Polícia Civil SP 2015, sendo 80 para cargo de delegado, 120 investigador e 387 escrivães para Polícia Civil e para a Científica, 35 médicos legistas, 25 peritos, 50 auxiliares de necropsia e 25 fotógrafos. De acordo com a Secretaria de Segurança, os 2.301 aprovados no total, o Estado já havia chamado 763 no início deste ano e nomeação dos 835 aprovados deve ser publicado no Diário Oficial em breve.

No último dia 25 de outubro, a Folha de S.Paulo mostrou o aumento do número de aposentadorias deste ano, mais de 800% relacionada ao de 2006. Este ano foram resgistrados até agosto 1.260 solicitações de aposentadoria no órgão, sendo que em 2006 foram solicitadas apenas 139. Projeções apontam que se a reposição dos aposentados não for feita para o cargo de delegado que hoje possui certa de 2,9 mil pessoas, pode chegar a 600 em três anos. Nos cargos de escrivães e investigadores, o déficit é de 2.180 e 2.851, respectivamente, de acordo com os dados de abril, representando cerca de 24,45% e 23,84% do total de vagas fixadas para cada carreira.

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) afirma que o déficit no quadro da Polícia Civil foi agravado a partir de 2014, pela Lei Complementar 144/2014, que baixou em cinco anos o teto para aposentadoria de policiais e estabeleceu idade máxima de 65 anos. Mesmo sendo revogada em 2015, os cargos não foram restituídos.

[FIM DA ATUALIZAÇÃO]

[ATUALIZADA 15/08] A corporação encaminhou um novo pedido de autorização para Concurso Polícia Civil SP 2016 para que seja realizado no ano que vem. A solicitação conta com número maior de vagas do que a enviada em 2014. O pedido que era para 3.176 oportunidades e convocação de remanescentes das últimas seleções, agora é de 4.438 vagas, sendo 2.074 de novas seleções e 2.364 para convocação de aprovados. Das novas vagas solicitadas serão 253 para cargos com exigência de nível médio e 1.821 para nível superior. As remunerações iniciais variam de R$ 3.365 a R$ 10.079,28, com jornadas de trabalho de 40 horas semanais.

[ATUALIZADA 25/07] A realização para Concurso Polícia Civil SP 2016 pode ocorrer somente após reestruturação das carreiras policiais. O secretário Mágino Alves Barbosa Filho, juntamente com os membros da Academia de Polícia (Acadepol) e dos sindicatos de classes, vem se reunindo semanalmente para estudar mudanças nessas carreiras e que podem ter validade a partir dos próximos concursos.

O orçamento de 2016 já reserva R$30,5 milhões para realização dos concursos públicos para as diversas carreiras da Polícia Civil. O valor considera um total de 8.200 servidores, incluindo nomeações de aprovados nos concusos de 2013. Porém a realização de um novo concurso depende da autorização de um pedido enviado ao governo no final de 2014, para preencher 3.176 vagas, sendo 851 vagas para cargo de nível médio e 2.325 de nível superior.

[FIM DA ATUALIZAÇÃO]

Mesmo com a contenção de gastos do governo, quem pretende ingressar no quadro de servidores da Polícia Civil SP deve ficar atento pois neste ano deve ser realizado um  novo Concurso PC SP. O órgão aguarda apenas autorização oficial do governador Geraldo Alckmin para elaborar a nova seleção. A última homologação de certame foi feita em 2013.

Os próximos concursos já estão considerados no orçamento de 2016 do MPOG, a reserva é mais de R$30 milhões para diversas carrerinas na Academia de Polícia Civil SP. O valor considera um total de 8.200 servidores, incluindo a nomeação dos aprovados de 2013 e as próximas seleções que serão abertas ainda este ano.

O pedido de autorização foi enviado no fianl de 2014 para preencher 3.176 vagas, sendo 851 para cargos de nível médio e 2.325 para vagas de nível superior. As remunerações iniciais variam de R$3.365 a R$10.079,28, com jornada de 40 horas semanais. A intenção era que o concurso fosse realizado em 2015, mas não aconteceu devido a dificuldades financeiras, o que não deve se repertir em 2016 já que estão contemplados no orçamento atual.

O próprio secretário de segurança pública de São Paulo, Alexandre de Moraes, informou a necessidade de investir no aumento do efetivo da Polícia Civil SP.

Cargos – Nível Médio
851 vagas no total, sendo 249 para agente policial, 54 atendente de necrotério, 136 auxiliar de papiloscopista, 72 papiloscopista policial, 252 agente de telecomunicações, 36 auxiliar de necropsia, 11 desenhista técnico pericial e 41 fotógrafo técnico pericial.

A remuneração dos cargos para agente policial,atendente de necrotério e auxiliar de papiloscopista, o inicial é de R$3.365, já incluso R$571,51 de insalubridade.

Já para os cargos de papiloscopista, agente de telecomunicações, auxiliar de necropsia, desenhista técnico e fotógrafo, o inicial é de R$4.023,29, já incluso o complemento.

Cargos – Nível superior
2.325 vagas no total, sendo 922 vagas para escrivão da polícia, 985 investigador de polícia, com salário inicial de R$4.171,49

68 médico legista, 129 perito criminal, com salário inicial de R$8.538,49

221 delegado de polícia com salário inicial de R$10.079,28

Todos os salários já estão inclusos os benefícios.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, nos próximos meses deverão ser nomeados 3.040 servidores aprovados no último concurso nos cargos: delegado (120), escrivão (780) e investigador (2.140). Isso só reforça a intenção do governo em manter o investimento na área de segurança, mesmo durante a crise econômica.