Thursday, 29 de September de 2016 às 07h31

Concurso da Assembléia Legislativa de MS: Gabarito e resultado

Concurso ALMS 2016: Concurso da Assembléia Legislativa de MS divulgou o novo edital!


Concurso Assembléia Legislativa MS




[ATUALIZADA 29/09] Na última quarta-feira, 29 de setembro, a FCC divulgou gabarito Concurso Assembleia Legislativa MS ALMS 2016 e o prazo para interposição de recursos serão realizados nos dias 29 e 30 de setembro em formulários disponibilizados no site da organizadora - http://www.concursosfcc.com.br/concursos/alems116/index.html -.

CONFIRA GABARITO CONCURSO ALMS 2016

Os resultados preliminares sairão dia 4 de novembro e o da avaliação de títulos dia 9 de dezembro. O resultado final está previsto para dia 27 de dezembro e o concurso terá validade de um ano a partir da homologação, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período, de acordo com necessidade do órgão.

[FIM DA ATUALIZAÇÃO]


[ATUALIZADA 28/09] Nesta quarta-feira, 28 de setembro, a Fundação Carlos Chagas vai divulgar a partir das 16h gabaritos preliminares Concurso Assembleia Legislativa MS (ALMS) 2016. A prova foi realizada o último domingo, 25 de setembro, registrando mais de 18 mil inscritos e 3.022 abstenções. Os cargos mais concorridos foram de Assistente Legislativo com 8.516 e Agente de Polícia Legislativo com 3.138.

A Mesa Diretora da Casa divulgou no dia 15 de julho edital Concurso Assembleia Legislativa MS (ALMS) 2016 para preencher 80 vagas de nível médio e superior. De acordo com anúncio do Presidente da Casa, Júnior Mochi, declarou que todas as contratações do legislativo a partir de agora serão realizadas por meio de concurso.

O concurso teve aplicação de provas objetivas e conta ainda com avaliação de títulos para os cargos de nível superior. A objetiva teve 80 questões envolvendo conhecimentos básicos e específicos para cada cargo e foi aplicada em Campo Grande/MS.

De acordo com o Presidente Mochi o resultado do concurso será homologado em dezembro de 2016 e os aprovados serão convocados no início do ano letivo de 2017. O concurso terá validade de um ano, podendo ser prorrogado por igual período, de acordo com necessidade do órgão.

[FIM DA ATUALIZAÇÃO]


[ATUALIZADA 15/09] Hoje, 15 de setembro, foi divulgada pela banca organizadora FCC a lista de concorrência do primeiro Concurso ALMS 2016  que terá mais de 18 mil candidatos concorrendo a 80 vagas em diversos cargos de nível médio e superior. A prova objetiva vai ser realizada no último domindo do mês, dia 25 de setembro.

Dos 18.040 inscritos, 148 concorrem às vagas de deficientes, 595 para negros e 37 para índios. Os cargos mais concorridos são para Assistente Legislativo (8.516), Agente de Polícia Legislativo (3.138), Assistente Jurídico (1.608) e Consultor de Processo Legislativo (828).

CONFIRA CONCORRÊNCIA CONCURSO ALMS 2016

As 80 vagas do concurso é para 21 cargos, sendo 45 delas de nível superior e 35 de nível médio. A reserva de vagas para pessoas com deficiência é de 5%, para negros 20% e índios 3%, conforme edital divulgado pela Mesa Diretora da Casa no dia 15 de julho.

A seleção conta com prova objetiva de 80 questões de conhecimentos gerais e específicos, que será aplicada na Cidade de Campo Grande/MS no dia 25 de setembro. O período da manhã será para os cargos de nível médio e a tarde para funções de nível superior.

O presidente da Casa, Júnior Mochi, informou que o resultado será homologado até dezembro e os aprovados tomarão posse no ínicio do ano de 2017.

O concurso terá validade de um ano, podendo ser prorrogado uma vez, por igual período, de acordo com necessidade da Assembleia Legislativa.

[FIM DA ATUALIZAÇÃO]



[ATUALIZADA 19/08] Com edital publicado que oferta 80 vagas e inscrições encerradas, Concurso Assembléia Legislativa de MS 2016 tem provas previstas para o dia 25 de setembro. A banca responsável pela aplicação é a Fundação Carlos Chagas, conhecida por exigir interpretação de texto para não cair nas armadilhas, pois geralmente pede a alternativa errada nas questões.

No concurso Assembléia Legislativa de MS serão exigidos conhecimentos nas áreas: Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico-Matemático, Noções de Direito Constitucional, Administrativo, Financeiro e Tributário, Eleitoral, Trabalhista e Processual do Trabalho, Difusos e Coletivos, Ambiental, além de Legislação Institucional e Conhecimentos Específicos ao cargo escolhido.

As provas terão 80 questões, tendo 4h para ser realizada. Os cargos de nível superior, 40 serão de conhecimentos gerais e 40 de conhecimentos específicos. Já os candidatos de nível médio, terão 45 questões de conhecimentos gerais e 35 conhecimentos específicos. Os candidatos de nível superior terão as provas no período da tarde e os de nível médio de manhã, em Campo Grande-MS.

Para calcular a nota, a banca contará o número de acertos em cada prova, a média e o desvio padrão de acertos, transformando o total de acertos em uma nota padronizada. Será calculada a diferença entre o total de acertos do candidato na prova e a média de acertos na mesma prova, dividindo a diferença e multiplicando o resultado por 10 e somando 50. Estarão eliminados aqueles que não obtiverem pelo menos 150 pontos calculados. Os candidatos inscritos em nível superior, passarão por avaliação de títulos depois da classificação.

As vagas de nível superior são para Analista em Recursos Humanos, Arquiteto, Assistente Jurídico, Assistente Social, Biblioteconomista, Cerimonialista, Consultor de Processo Legislativo, Contador, Economista, Engenheiro Civil, Jornalista, Médico, Publicitário e Redator. Com remuneração fixada em R$4.566,61. Já para as de nível médio e técnico, os cargos são: Agente de Apoio Legislativo, Agente de Polícia Legislativa, Assistente Legislativo, Auxiliar de Enfermagem, Programador Visual, Técnico de Informática e Tradutor de Libras. Com remuneração fixada em R$2.793,33.


[FIM DA ATUALIZAÇÃO]

[ATUALIZADA 15/08] Encerra hoje, 15 de agosto, às 14h, as inscrições do primeiro Concurso Assembleia Legislativa MS 2016 (ALMS), que devem ser realizadas no site do FCC - www.concursosfcc.com.br - mediante pagamento de R$85 para cargos de nível médio/técnico e R$105 para nível superior. Foi publicado recentemente refiticação do edital que altera conteúdos das provas, além de modificar a reserva de vagas para candidatos negros, que era de 10% e passou a ser de 20%.

CONFIRA EDITAL RETIFICADO CONCURSO ALMS 2016

No edital de abertura consta reserva de 5% para pessoas com deficiência e 3% para índios. A oferta é de 80 vagas em 21 cargos, que serão distribuídos em 45 de nível superior e 35 de nível médio. O edital foi feito pelo Presidente da Casa, Júnior Mochi, que confirmou que todas as contratações do Legislativo Estadual serão realizadas por meio de concurso, a partir de agora.
 
[FIM DA ATUALIZAÇÃO]

 
[ATUALIZADA 15/07]  Foi publicado hoje, 15 de julho, o edital de abertura do Concurso Assembléia Legislativa MS 2016. O certame oferta um total de 80 vagas, de nível médio e superior, sendo reservadas 5% das vagas para pessoa com deficiência, 10% para negros e 3% para índios.

As inscrições vão ocorrer a partir da próxima quarta-feira, 20 de julho, a partir das 10h do horário de Brasília e se encerram às 14h do dia 15 de agosto. Deve ser feitas através do site da banca organizadora FCC - www.concursosfcc.com.br - mediante pagamento de R$105 para cargos de nível superior e R$85 para cargos de nível médio.

CONFIRA EDITAL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA MS 2016

As provas serão aplicadas em Campo Grande - MS e estão previstas para dia 25 de setembro, sendo realizada no período da manhã para os cargos de nível médio e a tarde para cargos de nível superior.


[FIM DA ATUALIZAÇÃO]


[ATUALIZADA 14/07] Nesta quinta, 14/07, foi assinado o edital do primeiro Concurso da Assembléia Legislativa de Mato Grosso do Sul com a Fundação Carlos Chagas que vai realizar todas as fases do concurso. Já foi liberado alguns pontos importantes do concurso também como a data de inscrição que será do dia 20 de Julho à 15 de Agosto no site da FCC. As provas tem data prevista para o dia 25 de Setembro e os aprovados tomarão posse em Fevereiro. Amanhã, dia 15/07, o edital será divulgado no Diário Oficial da Assembléia. Postaremos todos os detalhes aqui na nossa página.

[FIM DA ATUALIZAÇÃO]

[ATUALIZADA 08/07] Na última quinta-feira, 7 de julho, a comissão criada para realizar Concurso Assembleia Legislativa MS 2016, se reuniu com o representante da Procuradoria Geral da Justiça, Fabio Ianni Goldfinger, para apresentar minuta do certame. A banca organizadora, Fundação Carlos Chagas, irá assinar na próxima quinta-feira, 14 de julho, e o edital será publicado um dia depois. A oferta é de 80 vagas, sendo 45 apenas para os candidatos de nível superior.

O processo teve apenas um impasse na escolha da banca organizadora, devido às reclamações em relação ao edital da licitação da Oppus Concurso - que apresentou o preço mais baixo, R$79,9 mil - o que foi considerado insuficiente pela comissão para realizar o concuso. Por isso, decideiram anular e fazer uma nova concorrência, convidando apenas empresas com renome e credibilidade nacional.

A Assembleia decidiu realizar seu primeiro concurso para qualificar seus profissionais em todos os setores e diretorias. Criaram até um programa de aposentadoria incentivada, com pagamento de indenização aos servidores que atendiam esses critérios, e mais de 100 funcionários aderiam ao projeto, que visa abrir vagas no legislativo.
 
[FIM DA ATUALIZAÇÃO]

[ATUALIZADA 09/05] O primeiro concurso público da Assembléia Legislativa do Estado de Mato Grosso do Sul (AL-MS) está próximo de lançar o edital de abertura do certame com mais de 200 vagas efetivas em 2016. A banca organizadora Oppus Concursos Públicos foi desclassificada e foi substituída pela Fundação Carlos Chagas.

O concurso foi atutorizado em 2015 por meio de uma publicação feita em 21 de outubro no Diário Oficial. CONFIRA A AUTORIZAÇÃO

O presidente da Casa de Leis, Junior Mochi (PMDB), informou que uma comissão já foi criada na Assembléia para definir os procedimentos até o lançamento do edital, que está previsto para sair até junho.

Com relação aos cargos ofertados,a previsão é de que sejam para todos os níveis de escolaridade e a reserva de 20% das vagas para portadores de necessidades especiais. Os cargos que serão preenchidos, o número de vagas e a remuneração ainda não foi definida, mas será de acordo com as necessidades da Casa de Leis. A expectativa fica entre 200 a 250 novos postos de carreira.

[FIM DA ATUALIZAÇÃO]


[ATUALIZADA 05/05] Na manhã de quarta-feira, 4 de maio, foi realizada uma reunião da mesa diretora da Assembleia Legislativa e a comissão de licitação da Casa que desclassificaram a Oppus Concursos Públicos como banca organizadora.

Mesmo sendo a vencedora da licitação, o departamento político analisou e constatou que o valor cobrado por ela (R$79,9mil), não chega a 15% do custo médio identificado pela comissão.

O presidente da Casa informou que ainda vai ser definido um novo método para escolher a banca organizadora, passando agora para o tipo carta convite. A Fundação Carlos Chagas, FGV Projetos e CESPE/UnB receberam convite para realizar o certame da Assembleia.

A seccional da Ordem dos Advogados do Brasil de Mato Grosso Sul (OAB-MS), e o Ministério Público Estadual foram convidados para acompanharem a elaboração do processo seletivo.

Apesar desta alteração, garantem que o prazo para a realização das provas, previsto para junho deste ano, não deve ser alterado. A previsão é de que o concurso abra entre 70 a 100 vagas na Assembléia Legislativa, que nunca realizou concurso público, com salários entre R$2 mil e R$8 mil. As vagas são para nível superior e nível médio.

[FIM DA ATUALIZAÇÃO]


[ATUALIZADA DIA 08/04] A Oppus Concursos Públicos de Maringá/PR é a vencedora da licitação para coordenar o primeiro Concurso da Assembleia Legislativa do Mato Grosso do Sul (AL/MS). Agora falta o parecer do departamento jurídico para finalizar a análise dos documentos. Em caso de constatação de alguma irregularidade, a responsável passará a ser a Sarmento Concursos, segunda colocada na licitação.

Segundo o deputado Junior Mochi (PMDB), presidente da Assembleia, o início da seleção não passará de junho. A oferta será de aproximadamente de 100 vagas, em cargos com salários que variam de R$2.000,00 a R$8.000,00

O Programa de Aposentadoria Incentivada (PAI) que aposentou cerca de 114 servidores em 2015 reforça a necessidade de um certame.

[ATUALIZADA DIA 16/03] O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, deputado Junior Mochi (PMDB) espera o prazo de 60 dias para lançar o concurso da instituição. Ele diz ainda que este prazo é necessário pois pode haver contestações ou recursos durante a escolha da empresa, que vai organizar e realizar todo o certame.

"Sabemos que as datas podem mudar porque tem a escolha da empresa, pode haver contestação das propostas, então não podemos cravar, mas creio que em 60 dias lançamos o concurso para população, com vagas de nível médio e superior", disse o presidente da instituição.

O presidente afirmou que todo o processo será acompanhado pelo Ministério Público Estadual (MPE-MS) e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MS), que já possuem representantes para o acompanhamento.

O presidente disse ainda : "Queremos que o concurso tenha credibilidade e lisura, e seja o mais transparente possível, para não haver dúvidas dos candidatos".

Nesta terça-feira dia 15 de Março,a instituição lançou o edital para escolha da banca do concurso. A modalidade utilizada será o "pregão presencial",  no dia 01 de Abril, com critério a apresentação do menor preço. Com isso, há alívio dos candidatos em relação à confiança no processo de escolha das novas vagas e em relação à certeza de que haverá o 1º Concurso para a Assembléia Legislativa de MS.


[ATUALIZADA DIA 03/03] O presidente da Assembleia de MS, deputado Junior Mochi (PMDB) afirmou que reavalia as regras do primeiro Concurso da Assembléia Legislativa de Mato Grosso do Sul. O motivo é a decisão do TJ-MS sobre o Concurso para o TCE-MS, dando parecer favorável a 26 candidatos aprovados na prova e que não foram classificados e convocados. As regras são para evitar problemas de transparência no processo como o que ocorreu com a outra instituição.

O presidente Mocchi também ressalta: "Esta situação nos preocupou bastante, por isso precisamos analisar com cuidado as regras e estipular o número de vagas que existem e estarão disponíveis".

A instituição, montou uma comissão técnica para organizar todo o processo, que qualificará e preencherá os novos cargos em diferentes funções. A comissão está em fase atual de licitar a empresa que preparará o certame. Espera-se que esse processo não demore e que o Edital do Concurso da Assembléia de MS deva ser publicado até o fim de Abril de 2016 .

Sobre as vagas:

Em 2015, houve a aposentadoria de mais de 100 servidores antigos do legislativo. Com esses fatos, quem está se preparando para a prova, pode ficar tranquilizado pois haverá um processo de provas transparente e com vagas suficientes de livre concorrência.

[FIM DA ATUALIZAÇÃO]

Nesta quarta-feira, 21 de outubro, no Diário Oficial, a Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul publicou o ato da Mesa Diretora que autoriza o primeiro Concurso de Provas e Títulos para cargos efetivos da Casa de Leis. Será o primeiro concurso da história do Legislativo Estadual;

O ato, assinado por Junior Mochi (PMDB), Zé Teixeira (DEM) e Cabo Almi (PT), presidente da Casa de Leis, 1º e 2º secretários, respectivamente, traz a autorização do concurso. O certame deve acontecer ainda em 2015, para que os aprovados já tomem posse no começo do ano que vem. “É uma forma de oxigenar a Assembleia”, afirmou Mochi.

Apesar do número vagas e os cargos ainda não terem sido definidos, o presidente do Sisal (Sindicato dos Servidores da Assembleia Legislativa), Nailor Vargas, adiantou que será em torno de 200 a 250 vagas para cargos de nível superior e médio.

A possibilidade é que sejam abertas vagas para cargos: Odontólogo, Advogado, Relações públicas, Biblioteconomista, Contador, entre outros. E ainda cargos para nível médio.

Para a abertura do primeiro concurso, Mochi apresentou, no início do ano, o PAI (Programa de Aposentadoria Incentivada), que teve o objetivo de aposentar servidores da Casa, com remuneração por seis meses, para que as vagas ficassem disponíveis para o concurso. O programa foi concluído no fim do primeiro semestre, com 100% dos servidores que se enquadravam nos requisitos do programa aposentados.

Já em agosto, o presidente anunciou a criação de uma comissão para analisar 'diretoria por diretoria' da Assembleia, para definir a quantidade de vagas no primeiro concurso. A promessa é de que em novembro seja lançado o edital do concurso.

Cursos relacionados

Curso Intensivo para Polícia Civil MS 2017

Curso Intensivo para Polícia Civil MS 2017

de R$ 700.00 por R$ 399.00

ou 10x de R$ 39.90

5
Concurso Assembleia Legislativa de MS

Curso para ALMS 2016 - Teoria + Exercícios

de R$ 600.00 por R$ 449.00

ou 10x de R$ 44.90

5
Curso Concurso IFMS 2016

Concurso IFMS 2016 (Conh. Gerais + Bônus)

de R$ 500.00 por R$ 199.00

ou 10x de R$ 19.90

5

Formas de Pagamento

85% de aprovação em concursos
SSL