Concurso IBGE 2017: Inscrições encerram na terça, 23, para preencher 24.984 vagas de nível fundamental e médio

Elo logo mini

Concurso IBGE Temporário 2017 encerra inscrições nesta terça-feira, 23 de maio, no segundo edital que oferta 24 mil vagas de nível fundamental e médio
 





[ATUALIZADA 22/05] As inscrições do segundo edital Concurso IBGE Temporário 2017 encerram nesta terça-feira, 23 de maio, que oferta mais de 24 mil vagas de nível fundamental e médio. Os interessados devem se inscrever através do site da banca organizadora - http://fgvprojetos.fgv.br/concursos/ibge-pss/1pss - mediante pagamento que varia entre R$27,00 a R$78,00, de acordo com o nível de escolaridade exigido no cargo pretendido.

O segundo edital oferta 18.829 vagas para o cargo de recenseador que exige nível fundamental e possui remuneração de até R$3.000,00; 4.854 vagas de agente censitário supervisor que exige nível médio e possui remuneração de R$2.058,00; 1.256 vagas de agente censitário administrativo, de nível médio e possui vencimento de R$1.958,00, além de ofertar 174 vagas de agente de informática que exige nível técnico na área e possui remuneração de R$2.158,00.

A previsão de contrato é de até sete meses para as funções de agente censitário municipal e agente censitário supervisor e de até cinco meses para a função de recenseador. Os contratos terão vigência de 30 dias e podem ser sucessivamente prorrogados, de acordo com necessidade do órgão.

Os candidatos serão avaliados por meio de prova objetiva que será realizada no dia 2 de julho das 13h às 17h, segundo o horário de Brasília/DF.

[FIM DA ATUALIZAÇÃO]


[ATUALIZADA 17/05] A banca organizadora Fundação Getúlio Vargas (FGV) inscreve até a próxima terça-feira, 23 de maio, para edital 2 do Concurso IBGE Temporário 2017 que visa preencher 24.984 vagas de nível fundamental e médio nas funções de recenseador, agente censitário municipal e agente censitário supervisor. O processo seletivo conta também com edital 1 que oferece 1.039 vagas e recebeu inscrições até o dia 9 de maio, somando 26.023 vagas no Censo Agropecuário para atuação em todos os estados do país.

Os interessados devem se inscrever até o dia 23 de maio através do site da FGV - www.fgv.br/fgvprojetos/concursos/ibge-pss - mediante pagamento que varia entre R$22,00 para recenseadores e R$39,50 para agentes. No ato da inscrição, o candidato deve optar pela função que deseja concorrer, alepm do local onde realizará a prova.

A seleção contará com prova objetiva de 50 questões para as funções de agente e 40 questões para recenseador que será realizada no dia 16 de julho das 13h às 17h, horário oficial de Brasília-DF, em locais que serão divulgados no site da FGV no dia 10 de julho. O gabarito oficial será divulgado no dia 18 de julho e o resultado das provas está previsto para ser publicado no dia 31 de agosto.

Os novos servidores no cargo de agente serão contratados até sete meses e os recenseadores até cinco meses. A função de agente possui 40h semanais de trabalho e recenseador possui jornada de trabalho de no mínimo 25h semanais, além de participação integral e obrigatória no treinamento.

[FIM DA ATUALIZAÇÃO]



[ATUALIZADA 09/05] Encerram inscrições do primeiro edital que oferta 1.038 vagas para os cargos de agente censitário regional, agente censitário administrativo, agente de informática e analista censitário, que exigem nível médio e superior. Os interessados devem se inscrever no site da banca organizadora Fundação Getúlio Vargas (FGV) - http://fgvprojetos.fgv.br/concursos/ibge-pss/1pss - até as 23h59 desta terça-feira, mediante pagamento que varia entre R$27,00 a R$78,00, de acordo com o nível de escolaridade exigido no cargo.

As inscrições do segundo processo seletivo seguem abertas até o dia 23 de maio, através do site da FGV - http://fgvprojetos.fgv.br/concursos/ibge-pss/2pss - mediante pagamento que varia entre R$22,00 e R$39,50 que podem ser pagos até o dia 9 de junho. O segundo edital de cargos Temporários oferta 24.439 vagas para recenseador, agente censitário municipal e agente censitário supervisor, de nível fundamental e médio.

[FIM DA ATUALIZAÇÃO]



[ATUALIZADA 24/04] Foi publicado no Diário Oficial da União desta segunda-feira, 24 de abril, o segundo edital  que oferta 24.439 vagas de nível fundamental e médio para o Censo Agropecuário. Do total de vagas são reservadas 5% para candidatos deficientes e 20% para negros. As inscrições estão abertas no site da Fundação Getúlio Vargas (FGV), banca organizadora do certame.

As vagas serão distribuídas em 18.829 para a função de recenseador que exige nível fundamental completo e a remuneração do cargo pode chegar a R$3.000,00. Para agente censitário municipal, de nível médio são ofertadas 1.256 vagas com remuneração de R$2.358,00. Para o cargo de censitário supervisor, também de nível médio são oferecidas 4.854 vagas com remuneração de R$2.058,00. Todos os salários mencionados já possuem auxílio-alimentação no valor de R$458,00 e os selecionados também terão direito à 13º salário e férias remuneradas.

A previsão é de que o contrato para Agente Censitário Municipal (ACM) e Agente Censitário Supervisor (ACS) seja de até sete meses e para a função de Recenseador de até cinco meses. Os contratos terão vigência de 30 dias, podendo ser prorrogados po igual período, de acordo com necessidade do trabalho ou disponibilidade de recursos orçamentários.

Os interessados devem se inscrever através do site da Fundação Getúlio Vargas - http://fgvprojetos.fgv.br/concursos/ibge-pss - até o dia 23 de maio, mediante pagamento de R$22,00 ou R$39,50, de acordo com o nível exigido no cargo escolhido. O prazo para o pagamento vai até o dia 9 de junho e os candidatos inscritos no CadÚnico tem direito à isenção da taxa.

CONFIRA SEGUNDO EDITAL TEMPORÁRIO 2017


Os candidatos serão avaliados por meio de prova objetiva, prevista para ser realizada no dia 16 de julho. Para o cargo de recenseador serão cobradas 40 questões sobre língua portuguesa, matemática e conhecimentos técnicos. Para os demais cargos as questões versarão sobre língua portuguesa, raciocínio lógico, noções de administração e conhecimentos técnicos.

O reseultado final do certame está previsto para ser divulgado no dia 31 de agosto e os aprovados devem ser convocados de imediato. A carga de trabalhos será de 40h semanais.

O primeiro edital publicado pelo IBGE no último dia 10 de abril, oferta 1.038 vagas de nível médio e superior, sendo distribuídas em agente censitário regional, agente censitário administrativo, agente de informática e analista censitário. As inscrições estão abertas até o dia 9 de maio no site da FGV, mediante pagamento que varia entre R$27,00, R$41,00, R$42,50 e R$78,00, de acordo com nível exigido no cargo escolhido.

[FIM DA ATUALIZAÇÃO]



[ATUALIZADA 10/04] O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) publicou primeiro edital no Diário Oficial da União desta segunda-feira, 10 de abril. O edital oferta 1.038 vagas de nível médio e superior para os cargos de agente censitário e analista. A banca organizadora contratada para coordenar certme foi a Fundação Getúlio Vargas (FGV) que vai publicar no próximo dia 24 de abril o segundo edital do concurso que ofertará 24 mil vagas.

Do total de vagas contempladas no primeiro edital são 349 para Agente Censitário Regional, 344 para Agente Censitário Administrativo, 174 para Agente Censitário de Informática e 171 para Analista Censitário. Os interessados podem se inscrever a partir das 14h de hoje, até o dia 9 de maio, através do site da FGV - www.fgv.br/fgvprojetos/concursos/ibge-pss - mediante pagamento de R$27,00 para Agente Censitário Administrativo, de R$42,50 para Agente Censitário de Informática, de R$41,00 para Agente Censitário Regionala e de R$78,00 para Analista Censitário.

Cargos - Nível Médio
Agente Censitário Administrativo, Agente Censitário de Informática e Agente Censitário Regional terão remuneração de R$1.500,00, R$1.700,00 e R$2.500,00, respectivamente.

Cargos - Nível Superior
Analistas Censitários nas áreas de Agronomia, Análise de Sistemas, Análise Socioeconômica, Biblioteconomia e Documentação, Ciências Contábeis, Geoprocessamento, Gestão e Infraestrutura, Jornalismo, Logística, Métodos Quantitativos, Produção Gráfica/ Editorial, Programação Visual/ Webdesign e Recursos Humanos. Os cargos vão contar com remuneração inicial de R$4.000,00.

Além dos salários citados, os contratados também contarão com auxílio-alimentação, auxílio-transporte, férias e 13º salário, por jornada de trabalho de 40 horas semanais. Os contratos terão vigência de 30 dias, podendo ser prorrogado de acordo com disponibilidade e necessidade do órgão. A previsão de duração dos contratos é de até 13 meses paara analistas, 10 meses para agente censitário administrativo, 9 meses para agente censitário regional e 7 meses para agente censitário de informática.

CONFIRA PRIMEIRO EDITAL TEMPORÁRIO 2017 - 1.038 VAGAS

A seleção contará com prova objetiva para todos os cargos que está prevista para ser realizada em diversas cidades no dia 2 de julho, das 13h às 17h, horário oficial de Brasília-DF. Os locais de prova serão informados através dos site da FGV no dia 26 de junho. A prova objetiva é composta por 50 questões de língua portuguesa, conhecimentos específicos, raciocínio lógico quantitativo, noções de administração e situações gerenciais e noções de informática, dependendo do cargo.

[FIM DA ATUALIZAÇÃO]


[ATUALIZADA 04/04] De acordo com informações do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) a nova seleção terá dois editais e as vagas serão distribuídas em diversos estados do país, sendo os estados com o maior número de vagas a Bahia (3.513) Minas Gerais (2.627), São Paulo (1.708) e Ceará (1.314).

O primeiro edital será divulgado na próximas segunda-feira, 10 de abril, para ofertar 1.071 vagas de níveis médio, técnico e superior, sendo 349 vagas de agente censitário regional (médio e CNH), 377 de agente censitário administrativo (médio), 174 de agente de informática (médio/técnico) e 171 de analista censitário, em 18 especialidades (superior).

As inscrições para esse concurso será abertas de imediato na segunda-feira e vão até o dia 9 de maio, através do site da banca organizadora Fundação Getulio Vargas (FGV) - http://portal.fgv.br/ -. As provas objetivas estão marcadas para o dia 2 de julho e o resultado final do primeiro edital está previsto para o dia 10 de agosto.

O segundo edital será divulgado no dia 24 de abril e ofertará 24.439 vagas de níveis médio e fundamental, sendo 1.256 vagas de agente censitário municipal (médio), 4.854 de agente censitário supervisor (médio) e 18.829 de recenseador (fundamental). As inscrições serão aceitas no mesmo dia que o edital for publicado e vai até o dia 23 de maio. As provas estão programadas para serem realizadas no dia 16 de julho e o resultado final previsto para o dia 31 de agosto.

[FIM DA ATUALIZAÇÃO]



[ATUALIZADA 30/03] O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) escolheu a Fundação Getúlio Vargas (FGV) como banca organizadora que ofertará 26.440 vagas temporárias no Censo Agropecuário. Com a banca definida, o edital será publicado na primeira quinzena de abril.

Em publicação no Diário Oficial da União na manhã desta quinta-feira, 30 de março, que define a banca, também consta que a seleção terá dois editais, sendo um apenas para o cargo de recenseador e o outro para os demais cargos. Segundo a Portaria de Nº 45, o prazo de duração dos contratos deve ser de até um ano, com possibilidade de prorrogação até o limite máximo de três anos.

A Lei Orçamentária Anual de 2017 previa oferta inicial de 82.050 vagas para a realização do certame. Mas com os cortes no orçamento cancelram até o concurso que estava em andamento que ofertava 1.409 vagas. Agora, as seleções serão retomadas e as 26.440 vagas são ofertadas para todos os estados do país.

Do total de vagas são distribuídas em 266 para Analista Censitário, 375 para Agente Censitário Regional, 381 na função de Agente Censitário Administrativo, 1.285 de Agente Censitário Municipal, 4.946 no cargo de Agente Censitário Supervisor, 174 servidores para atuação como Agente Censitário de Informática e 19.013 trabalhadores na função de Recenseador.

[FIM DA ATUALIZAÇÃO]


[ATUALIZADA 17/03/17] O Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG) autorizou realização do novo concurso que ofertará 26.440 vagas para profissionais temporários, de todos os níveis de escolaridade para o Censo Agropecuário. O edital está previsto para ser publicado em abril, logo após ser decidido a banca que organizará o certame, sendo a favorita e que ficou à frente das últimas seleções, a Fundação Cesgranrio.

Estavam previstas 82 mil vagas, mas foram reduzidas para os servidores serem contratados efetivamente durante a duração de até um ano, de acordo com a Portaria do Planejamento. A possibilidade de prorrogação do contrato é de no máximo de três anos, desde que seja justificada, com base nas necessidades da conclusão das atividades.

As 26 mil vagas serão distribuídas em:
- 19.013 vagas de recenseador de nível fundamental;
- 4.946 de agente censitário supervisor;
- 1.285 vagas de agente censitário municipal;
- 381 para agente censitário administrativo de nível médio;
- 375 para agente censitário regional de nível médio;
- 174 de agente censitário de informática de nível médio/técnico;
- 266 vagas para analista censitário, de nível superior

As remunerações dos cargos variam entre R$2.018,00 a R$7.000,00, de acordo com o nível de escolaridade exigido nas funções, além de auxílio-alimentação no valor de R$458,00 e direito a 13º e férias.

[ATUALIZADA 16/09] No dia 6 de setembro foi publicado no Diário Oficial da União primeira portaria de nomeação dos aprovados Concurso IBGE 2016 que ocorreu no inicio do ano que oferta 600 vagas, sendo 460 para Técnico em Informações Geográficas e Estatísticas. Na primeira chamada serão convocados mais de 60 aprovados para este cargo.

A carreira exige nível médio e possui salário de R$3.098,85, mais auxílio-alimentação de R$458,00, auxílio-transporte e assistência à saúde. Além de receber gratificaçao por qualificação, podendo chegar a R$4.858,61.

CONFIRA CONVOCAÇÃO  IBGE 2016

A prova foi aplicada dia 17 de abril de 2016 em diversas cidades pelo país. Todas as publicações sobre o certame estão no site da banca organizadora do certame, FGV - www.fgv.br/fgvprojetos/concursos/ibge -.


[FIM DA ATUALIZAÇÃO]


[ATUALIZADA 24/08] Nesta quarta-feira, 24 de agosto, o Ministério do Planejamento publicou a Portaria de Nº 241 que autoriza nomeação de 600 aprovados  realizado entre 2015 e 2016. Nos próximos meses serão convocados 50 candidatos no cargo de Tecnologista em Informações Geográficas e Estatísticas; 90 para Analista de Planejamento, Gestão e Infraestrutura em Informações Geográficas e Estatísticas; e 460 aprovados no cargo de Técnico em Informações Geográficas e Estatísticas.

Segundo a portaria, a nomeação dos aprovados deverá ocorrer a partir de setembro deste ano e a responsabilidade pela verificação das condições dos candidatos será da Presidente do IBGE.


[FIM DA ATUALIZAÇÃO]

[ATUALIZADA 17/08] Na última terça-feira, 16 de agosto, o Ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, assinou autorização para nomear 600 candidatos classificados no , de acordo com nota publicado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A decisão só será publicada no Diário Oficial da União nos próximos dias. 

[ATUALIZADA 16/08] Nesta terça-feira, 16 de agosto, foi publicado resultado final retificado no realizado entre 2015 e 2016 teve mudanças na classificação. O certame preencherá 600 vagas de nível médio, de técnico em informação e superior de analista e tecnologista por todo o país. Os participantes podem consultar as mudanças pelo site da FGV, banca organizadora do certame.

CONFIRA RESULTADO FINAL RETIFICADO

Foram mais de 560 mil incritos, sendo 523.899 apenas para 460 vagas no cargo de nível médio e 37.583 para as 140 vagas em carreiras de nível superior. A concorrência por vaga alcançou 1.138 candidatos para técnico e para Analistas e Tecnologistas chegou a 268 pessoas por cada vaga. 

[FIM DA ATUALIZAÇÃO]


[ATUALIZADA 26/07] Na última segunda-feira, 25 de julho, foram encerradas inscrições para Concurso Temporário IBGE 2016, a oferta de 325 vagas para Agente de Pesquisas por Telefone e Supervisor de Pesquisas, teve período para inscrição prorrogado. Das vagas ofertadas, 20% são destinadas aos negros e pardos e outros 5% para portadores de deficiência. A lotação dos aprovados será na sede do órgão, no Rio de Janeiro/RJ.

As 300 vagas para o cargo de Agente de Pesquisas por Telefone exige nível médio completo e um ano de experiência em telemarketing. Já as outras 25 vagas são para Supervisor de Pesquisas, de nível superior, em qualquer área para atuação em Conhecimentos Gerais, Gestão e Suporte Gerencial; Graduação em Engenharia de Sistemas ou de Computação ou em Informática, ou Ciência da Computação, ou Análise de Sistemas, ou Sistemas de Informação, ou Processamento de Dados, ou Análise de Tecnologia da Informação, ou Ciências Exatas, para atuar na área de Tecnologia de Informação e Comunicação.

CONFIRA EDITAL 3 CONCURSO TEMPORÁRIO IBGE 2016

As provas objetivas estão marcadas para dia 4 de setembro, na cidade do Rio de Janeiro/RJ, com duração de 4 horas. As questões serão de múltipla escolha sobre Língua Portuguesa, Conhecimentos Gerais, Raciocínio Lógico, Noções de Administração/Situações Gerenciais e Conhecimentos Específicos para cada cargo.

Este certame tem validade de 2 anos e pode ser prorrogado, por igual período, de acordo com necessidade do órgão.

O IBGE também tem outra seleção para 7.500 vagas temporárias no cargo de Agente de Pesquisas e Mapeamento. As incrições foram feitas até dia 19 de julho e os contratados atuarão em 550 municípios, nos 26 estados do País, além do Distrito Federal. Para concorrer a esse cargo, é necessário possuir nível médio completo.

[FIM DA ATUALIZAÇÃO]


[ATUALIZADA 21/07] As inscrições para o para preencher 325 vagas temporárias nos cargos de agente de pesquisa por telefone e supervisor de pesquisa, só seriam aceitas até terça-feira, 19 de julho, mas ainda podem ser feitos até a próxima segunda-feira (25), no site da Cesgranrio. As taxas são de R$22 para agente e R$100 para supervisor, os pedidos de isenção também poderão ser feitos até dia 25 de julho. Todas as vagas serão preenchidas na cidade do Rio de Janeiro e todos os contratos terão duração de até três anos, com avaliações mensais.

As 300 vagas para agente por telefone, são de nível médio com um ano de experiência em telemarketing ou de cinco no receptivo. Com remuneração de R$1.408. Já para supervisor, para 24 vagas a exigência é de nível superior em qualquer área. Mas tem uma vaga para tecnologia de informação que exige graduação em: Engenharia de Sistemas ou de Computação, Informática, Ciência da Computação, Análise de Sistemas, Sistemas de Informação, Processamento de Dados, Análise de Tecnologia da Informação ou Ciências Exatas. A remuneração é de R$5.058. 


[FIM DA ATUALIZAÇÃO]


[ATUALIZADA 18/07] As inscrições para o terminam nesta terça-feira, 19 de julho, para preencher 7.825 vagas temporárias. São feitas através do site da Fundação Cesgranrio - www.cesgranrio.org.br - mediante pagamento de R$30,00. Os pedidos de isenção dos membros da família de baixa renda, inscrito no CadÚnico, podem ser feitos através do site, até o último dia da inscrição.


O resultado preliminar das solicitações sairá no dia 26 de julho e os recursos no dia 27 e 28 de julho. Já a relação final só no dia 4 de agosto. O concurso tem validade de dois anos e pode ser prorrogado por igual período, de acordo com a necessidade do órgão. Os contratados atuarão na primeira etapa de produção de pesquisas em mais de 580 municípios.

[FIM DA ATUALIZAÇÃO]

[ATUALIZADA 21/06] Abre as inscrições para 7.825 vagas, sendo 7.500 no cargo de Agente de Pesquisas por Telefone e 325 no cargo de Supervisor de Pesquisas. Os selecionados terão contratos de até três anos, com prazo mínimo de um mês.

Para se increver é preciso acessar o site da Fundação Cesgranrio - https://seguro.cesgranrio.org.br/login.aspx?returnurl=/eventos/ibge0316_inscricao.aspx - até o dia 19 de julho, às 23h59 (horário de Brasília), mediante pagamento no valor de R$22,00 (Agente de Pesquisas por Telefone) e R$100,00 (Supervisor de Pesquisas) até o dia 9 de agosto nas agências do Banco do Brasil. Membros de família de baixa renda que estão inscritos no CadÚnico, podem solicitar isenção também no site da banca organizadora, durante o prazo de inscrição.

[ATUALIZADA 17/06] O IBGE abre as incrições dia 21 de junho, terça-feira, para contratar 7.500 candidatos de nível médio no cargo de Agente de Pesquisas e Mapeamento. Sendo que 1.499 são destinadas aos afrodescendentes e 387 para pessoas com deficiência.

As chances são distribuídas por todo o país, mas as maiores reservas são para o estado de São Paulo, com 850 vagas e no Rio de Janeiro com 713.

Os contratos terão duração de até um ano e podem ser prorrogados, desde que não excedam três anos de exercício.

Para os candidatos de nível médio, a jornada de trabalho vai ser de 40 horas semanais, com salário de R$1.250,00 e mais benefícios como auxílio-alimentação R$458,00, auxílio-transporte, férias e 13º salário proporcional ao tempo de contrato.

As vagas estão distribuídas em 550 municípios de todo o país: Acre (118), Alagoas (208), Amazonas (195), Amapá (56), Bahia (454), Ceará (408), Distrito Federal (144), Espírito Santo (244), Goiás (282), Maranhão (218), Minas Gerais (636), Mato Grosso do Sul (169), Mato Grosso (175), Pará (215), Paraíba (203), Pernambuco (353), Piauí (153), Paraná (415), Rio de Janeiro (713), Rio Grande do Norte (157), Rondônia (123), Roraima (69), Rio Grande do Sul (420), Santa Catarina (282), Sergipe (136), São Paulo (850), Tocantins (104).

CONFIRA AS VAGAS ABERTAS POR CIDADE

Além desta seleção, o IBGE divulgou o segundo edital para contratar 325 Agente de Pesquisas por Telefone e Supervisor de Pesquisas para atuação no Rio de Janeiro/RJ.

CONFIRA O SEGUNDO EDITAL IBGE 2016

As inscrições poderão ser feitas através do site da Fundação Cesgranrio - www.cesgranrio.org.br -, entre os dias 21 de junho e 19 de julho, mediante pagamento de Guia de Recolhimento da União (GRU) de R$30,00. Durante a inscrição, o candidato deve estabelecer a Unidade Federativa, o Município e a área de trabalho que deseja atuar.

A seleção é feita através de uma prova objetiva de 60 questões, prevista para 4 de setembro. Para ser aprovado, o candidato deve acertar pelo menos uma questão de cada disciplina e obter aproveitamento igual ou superior a 30% do total da prova.

Os locais de prova serão divulgados pela Fundação Cesgranrio, entre os dias 29 e 4 de setembro. Os gabaritos preliminares serão divulgados no dia 5 de setembro e os gabaritos definitivos serão divulgados no dia 3 de outubro.

A validade do concurso será de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período, de acordo com a necessidade do órgão.


[FIM DA ATUALIZAÇÃO]


[ATUALIZADA 15/06] Nesta terça-feira, 14 de junho, foi homologado o resultado final para analista e tecnologista. Os cargos de nível superior, tem salário de R$7.458,49. O prazo de validade do concurso organizado pela FGV é de um ano e pode ser prorrogado por igual período, de acordo com a necessidade do órgão.

CONFIRA O RESULTADO FINAL ANALISTA E TECNOLOGISTA

[FIM DA ATUALIZAÇÃO] 

[ATUALIZADA 09/06] Saiu o segundo edital para completar as 7.825 vagas. O novo processo seletivo tem 325 oportunidades de nível médio e superior para atuar em cargos de Agente e Supervisor de Pesquisas no município do Rio de Janeiro. Destas vagas, 5% estão destinadas para portadores de deficiência e outros 20% para afrodescendentes.

São 300 oportunidades para Agente de Pesquisas por Telefone que exige nível médio completo, além de um ano de experiência em telemarketing nos últimos cinco anos. Salário de R$950,00, mais auxílio-alimentação de R$458,00 e outros benefícios por jornada de trabalho de 6 horas diárias.

As outras 25 vagas são para Supervisor de Pesquisas de nível superior em qualquer área, para atuar nas áreas de: Conhecimento Geral (14), Gestão (8) e Suporte Gerencial (2). Para concorrer ao cargo de Tecnologia de Informação e Comunicação (1) é preciso ter graduação em Engenharia de Sistemas, ou em Engenharia de Computação, ou em Informática, ou em Ciência da Computação.

Os salários são de R$ 4.600,00, mais auxílio-alimentação (R$ 458,00) e outros benefícios.

Após a convocação dos aprovados, prestarão serviço no prazo de um ano, que pode ser prorrogado até três anos.

CONFIRA O SEGUNDO EDITAL IBGE TEMPORÁRIO 2016

Para fazer a inscrição deve entrar no site da banca organizadora, a Fundação Cesgranrio - www.cesgranrio.org.br - nos dias 21 de junho e 19 de julho de 2016. Mediante pagamento da taxa de participação, sendo R$22,00 para função de Agente de Pesquisas por Telefone e de R$100,00 para Supervisor de Pesquisas. O pagamento deve ser feito por meio da Guia de Recolhimento da União (GRU).

Além disso, o candidato deve especificar o cargo, turno e especialidade que deseja atuar no ato da inscrição.

A avaliação será por meio de prova objetiva, de 60 questões, marcada para 4 de setembro, das 13h às 17h. Os Agentes responderão 30 questões de Português, 20 de Conhecimentos Gerais e 10 de Raciocínio Lógico. Já os supervisores terão 20 perguntas de Português, 25 de Conhecimento Específico e 15 de Noções de Administração/Situações Gerenciais.

O prazo de validade do concurso é de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período, à critério do órgão.


[FIM DA ATUALIZAÇÃO]


[ATUALIZADA 07/06] Foi publicado hoje o primeiro edital para 7.500 vagas temporárias para agente de pesquisas e mapeamento. Há reserva de 5% das vagas para deficientes e 20% para negros e pardos.

O cargo exige nível médio e tem remuneração de R$1.708,00, já incluso auxílio-alimentação. Além do direito a 13º salário, férias remuneradas e auxílio transporte. A Carga horário é de 40 horas semanais, com contrato de um ano, podendo sem prorogados por até três anos.

CONFIRA O EDITAL PARA AGENTE DE PESQUISA E MAPEAMENTO

As inscrições serão feitas no site da Fundação Cesgranrio - www.cesgranrio.org.br/concursos/evento.aspx - nos dias 21 de junho até 19 de julho, mediante pagamento no valor de R$30,00. Os membros de família de baixa renda, inscritos no CadÚnico, poderão pedir isenção da taxa no site da banca organizadora durante o prazo das inscrições.

Os candidatos serão avaliados no dia 4 de setembro, das 13h às 17h, por meio de uma prova objetiva que possui 60 questões. Sendo 25 de Português, 20 de Geografia e 15 de Raciocínio Lógico.

A contratação está prevista a partir do dia 3 de outubro, quando está previsto a publicação do resultado final.

O concurso tem validade de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período, de acordo com as necessidades do órgão.

[FIM DA ATUALIZAÇÃO]


[ATUALIZADA 31/05] Na última segunda-feira, 30 de maio, foi homologada a classificação final do concurso no Diário Oficial da União para 460 vagas no cargo de Técnico. O resultado preliminar foi divulgado no dia 13 de maio e os participantes também podem consultar o seu desempenho pelo site da FGV - http://fgvprojetos.fgv.br/concursos/ibge/nivelmedio -, banca organizazdora do certame.

CONFIRA O RESULTADO

Os candidatos tiveram dois dias para recorrer contra o gabarito preliminar, na quarta-feira dia 20, até o fim de quinta-feira, 21.

As provas tinham 60 questões no total, valendo 1 ponto cada. Para ser aprovado, o candidato deve atingir 40% do total da prova e acertar no mínimo 1 questão de cada disciplina. Em caso de empate, terá preferência, nessa ordem: o candidato que tiver igual ou superior a 60 anos, ter a maior nota de Língua Portuguesa, mais nota na soma das disciplinas de Geografia e Matemática, maior nota na disciplina de Conhecimentos sobre o IBGE. E mesmo assim, se persistido o empate, o candidato mais velho terá preferência.

O IBGE vai preencher as 600 vagas nas carreiras de Técnico, Analista e Tecnologista em várias regiões do país. Sendo 140 vagas para 14 estados e no Distrito Federal paara os cargos de Analista e Tecnologista. As outras 460 vagas terá lotação em 165 municípios, de 25 estados e no Distrito Federal para o cargo de Técnico em Informações Geográficas e Estatística, de nível médio.

A validade do concurso é de um ano, podendo ser prorrogado por igual período, a critério do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

[FIM DA ATUALIZAÇÃO]


[ATUALIZADA 11/05] Estava previsto que o resultado do concurso sairia hoje, mas a banca organizadora FGV divulgou uma retificação que adia a divulgação das notas para sexta-feira, 13 de maio. Mesmo que o gabarito preliminar já tenha sido divulgado, os participantes vão ter que aguardar um pouco mais para saber qual foi seu desempenho na prova.

CONFIRA A RETIFICAÇÃO

As provas foram aplicadas no dia 17 de abril e teve mais de 500 mil inscritos para preencher 460 vagas no cargo de Técnico em Informações Geográficas e Estatística de nível médio. Mas a seleção tem 600 vagas no total, sendo 140 de nível superior, onde o resultado já foi divulgado.

CONFIRA A CONCORRÊNCIA POR CIDADE

CONFIRA O GABARITO PRELIMINAR

O concurso tem validade de um ano, podendo ser prorrogado por igual período, a critério do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.



[ATUALIZADA 05/05] Nesta quarta-feira, 4 de maio, foi divulgado o resultado das provas objetivas do concurso do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para cargos de Analista e Tecnologista de nível superior. A seleção teve mais de 500 mil inscritos e possui 37 mil candidatos na disputa por uma das 140 vagas (90 para Analista e 50 para Tecnologista). As provas para o cargo de nível médio com 460 vagas aconteceram no dia 17 de abril.

Junto com o resultado, também foi publicado o gabarito final da prova. 

O edital ainda prevê etapas de prova prática para os cargos de Analista (Design Instrucional) e Tecnologista (Programação Visual/Webdesign), a ser realizada pelos aprovados na prova objetiva no dia 15 de maio

Com carga horária de 40 horas semanais, o salário inicial dos Analistas e Tecnologistas do IBGE será de R$7.000,49. Tendo um adicional de retribuição por titulação (RT), que vai de R$392,92 para especializados, R$785,84 para mestrado a R$1.734,39 para doutorado. E outros benefícios como: auxílio-alimentação de R$ 458,00, auxílio-transporte, assistência à saúde do servidor e para dependentes. 

[FIM DA ATUALIZAÇÃO]


[ATUALIZADA 12/04] No último domingo, 10 de abril, ocorreram as provas objetivas do concurso do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para as funções de nível superior. No total, foram 37 mil inscritos para os cargos de Analista e Tecnologista que teve oferta de 140 vagas. Já as provas para as funções de nível médio acontecerão no próximo domingo, dia 17 de abril.

Os gabaritos preliminares dos cargos superiores serão divulgados no decorrer do dia no site - http://fgvprojetos.fgv.br/concursos/ibge -

Os salários para Analista e Tecnologista serão de R$7.000,49 mais benefícios.

[FIM DA ATUALIZAÇÃO]

[ATUALIZADA 06/04] Os locais e horários de provas já estão disponíveis para os candidatos consultarem. As avaliações serão realizadas no dia 10 de abril para os candidatos de nível superior e no dia 17 de abril para os candidatos de nível médio.

Foram 476.437 inscritos às vagas de Técnico; 28.849 para Analista e 5.899 para Tecnologista

Os salários iniciais variam de R$3.098,85 a R$7.000,49 mais gratificações e benefícios (ambos os cargos)

As consultas podem ser feitas no site individualmente - http://fgvprojetos.fgv.br/concursos/ibge -

O candidato deverá permanecer no local de prova por, no mínimo, duas horas, e só poderá levar o caderno de questões quem permanecer no local até uma hora antes do término do exame. É proibido o uso de calculadoras, livros, anotações, réguas de cálculo, impressos ou qualquer outro material de consulta, inclusive códigos e legislações, relógios, óculos escuros, protetores auriculares e quaisquer acessórios de chapelaria. Os aparelhos eletrônicos (iPod, smartphone, telefone celular, agenda eletrônica, aparelho MP3, notebook, tablet, palmtop, pendrive, receptor, gravador, máquina de calcular, máquina fotográfica, controle de alarme de carro, entre outros) deverão ser guardados em um saco plástico.

[FIM DA ATUALIZAÇÃO]

Nesta segunda-feira, 28 de dezembro, foram divulgados no Diário Oficial da União os editais para o Concurso do IBGE 2016. A oferta é de 600 vagas para os cargos de Técnico, Analista e Tecnologista para diversas regiões.

Cargo para Analista – Nível superior
• 90 vagas: Analista de Planejamento, Gestão e Infraestrutura em Informações Geográficas e Estatística. Salário inicial de R$7.000,49

Cargo de Tecnologista – Nível superior
• 50 vagas: Tecnologista em Informações Geográficas e Estatística. Salário de R$7.000,49

Cargo de Técnico – Nível médio
• 460 vagas: Técnico em Informações Geográficas e Estatística. Salário inicial de R$3.098,85. Os Técnicos recebem gratificação por qualificação (GQ) que soma aos vencimentos R$426,36 (nível I), R$810,08 (nível II) e R$1.539,16 (nível III)

Os Analistas e Tecnologistas recebem ainda retribuição por titulação (RT) que vai de R$392,92 para aqueles com especialização, R$785,84 para Mestres e de R$1.734,39 para Doutores

Haverá auxilio alimentação de R$458,00 para todos os cargos.

Edital 01/2015 - Nível Superior
Edital 02/2015 - Nível Médio

As inscrições podem ser feitas no site - www.fgv.br/fgvprojetos/concursos/ibge - do dia 04 de janeiro a 28 de janeiro de 2016. A taxa de participação é de R$69,00 (nível superior) e R$49,00 (nível médio)

 


Data e Local das Provas

As provas serão realizadas no dia 10 de abril para os candidatos de nível superior e no dia 17 de abril para os candidatos de nível médio, em locais e horários serão divulgados no dia 4 e 11 de abril de 2016. Portanto fique atento ao seu email de inscrição.

O concurso terá validade de um ano, podendo ser prorrogado por igual período, a critério do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Mais informações sobre o concurso público para a Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) podem ser obtidas pelo telefone 0800 2834628 e pelo e-mail concursoibge@fgv.br.

Principais Atualizações sobre o Concurso:

[ATUALIZADA 03/03] A Fundação Getúlio Vargas comunicou que em breve serão disponibilizadas novas publicações sobre o Concurso do IBGE 2016:

- Edital preliminar de inscrição na condição de pessoa com deficiência;
- Edital preliminar dos pedidos de atendimento especial; e
- Relação dos candidatos inscritos na condição de negros.

Quer aprender mais sobre as vantagens de fazer concursos? Veja:

Servidor Público: 4 Itens que fazem a diferença nessa carreira

Concurso Público: Os principais motivos para optar por essa carreira


Confira 3 vantagens dos cargos públicos em relação aos cargos privados


[FIM DA ATUALIZAÇÃO]

[ATUALIZADA 29/02] O Concurso do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE tem mais de 500 mil inscritos para os cargos efetivos. Dos inscritos, cerca de 470 mil são para o cargo técnico (nível médio) e 30 mil para o cargo de analista (nível superior). A concorrência por cidade ainda não foi divulgada.

O número de inscritos não pode ser motivo para o desânimo. Os candidatos que tem condições de aprovação, já começaram seus estudos.

As provas objetivas serão realizadas nos dias 10 de abril (cargo nível superior) e no dia 17 de abril (cargo nível médio). Os locais e horários de provas serão divulgados entre os das 04 e 17 de abril no site da Fundação Getúlio Vargas – FGV

[FIM DA ATUALIZAÇÃO]

[ATUALIZADA 14/01] Nesta sexta-feira, 19 de fevereiro, foi divulgado no Diário Oficial da União a terceira retificação do edital para Concurso do IBGE que visa preencher 600 vagas. Essa nova retificação muda os itens de critérios de desempate, análise dos candidatos com deficiência e alteração no cronograma, onde o resultado final tem data para 11 de maio de 2016. Confira retificação

[FIM DA ATUALIZAÇÃO]

[ATUALIZADA 05/02] O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE, retifica editais 01/2015 e 02/2015. Itens do conteúdo programático sugerido para os testes de Analista - Ciências Contábeis foram excluídos e corrigidos (Retificação 01/2015). A outra mudança é em questão ao quadro de vagas dos estados de GO e MG (Retificação 02/2015)

[ATUALIZADA 14/01] Nesta quinta-feira, 14 de janeiro, a Fundação Getúlio Vargas publicou a primeira retificação do edital para o Concurso do IBGE para 600 vagas. As mudanças são relacionadas a requisitos dos cargos e alteração no quadro de ofertas para lotação no cargo de Analista de Geoprocessamento em São Luís, no Maranhão

Edital RETIFICADO

[FIM DA ATUALIZAÇÃO]

[ATUALIZADA 28/12] Nesta segunda-feira, 28 de dezembro, foram divulgados no Diário Oficial da União os editais para o Concurso do IBGE 2016. A oferta é de 600 vagas para os cargos de Técnico, Analista e Tecnologista para diversas regiões.

Cargo para Analista – Nível superior
90 vagas: Analista de Planejamento, Gestão e Infraestrutura em Informações Geográficas e Estatística. Salário inicial de R$7.000,49

Cargo de Tecnologista – Nível superior
50 vagas: Tecnologista em Informações Geográficas e Estatística. Salário de R$7.00,49

Cargo de Técnico – Nível médio
460 vagas: Técnico em Informações Geográficas e Estatística. Salário inicial de R$3.098,85. Os Técnicos recebem gratificação por qualificação (GQ) que soma aos vencimentos R$426,36 (nível I), R$810,08 (nível II) e R$1.539,16 (nível III)

Os Analistas e Tecnologistas recebem ainda retribuição por titulação (RT) que vai de R$392,92 para aqueles com especialização, R$785,84 para Mestres e de R$1.734,39 para Doutores

Haverá auxilio alimentação de R$458,00 para todos os cargos

Edital 01/2015 - Nível Superior
Edital 02/2015 - Nível Médio

As inscrições podem ser feitas no site - www.fgv.br/fgvprojetos/concursos/ibge - do dia 04 de janeiro a 28 de janeiro de 2016. A taxa de participação é de R$69,00 (nível superior) e R$49,00 (nível médio)

As provas serão realizadas no dia 10 de abril para os candidatos de nível superior e no dia 17 de abril para os candidatos de nível médio, em locais e horários a serem divulgados no dia 4 e 11 de abril de 2016.

O concurso terá validade de um ano, podendo ser prorrogado por igual período, a critério do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

[ATUALIZADA 24/12] A Fundação Getúlio Vargas – FGV confirmou a data 28 de dezembro, próxima segunda,para a publicação do edital para o Concurso do IBGE. A oferta será de 600 vagas em cargos de nível médio e superior.

Desde a liberação do aval, por parte do MPOG (Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão), o IBGE já trabalhava com a ideia de lançar os certames antes do prazo final estabelecido, que é 27 de janeiro de 2016.

[ATUALIZADA 07/12] Nesta segunda-feira, 07 de dezembro, foi divulgado no Diário Oficial da União o contrato que afirma a Fundação Getúlio Vargas - FGV como organizadora da seleção para o próximo Concurso do IBGE. As duas instituições discutem o cronograma do edital para 600 vagas.

A previsão é que o edital seja divulgado no dia 28 de dezembro, segunda-feira

EXTRATO DE CONTRATO Nº 36/2015 - UASG 114601 Nº Processo: 03604004878201506. DISPENSA Nº 42/2015. Contratante: FUNDACAO INSTIT BRAS DE GEOGRAFIA-E ESTATISTICA IBGE. CNPJ Contratado: 33641663000144. Contratado : FUNDACAO GETULIO VARGAS - Objeto: Contratação de serviços para realização de 2 (dois) Concursos Públicos para a recomposição do quadro de pessoal permanente: 1 (um) para os cargos de Analista e Tecnologista e 1 (um) para o cargo de Técnico, constantes no Plano de Carreiras e Cargos da Instituição, autorizados pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Finanças, por meio da Portaria nº 302, de 24 de julho de 2015, publicada no Diário Ofical da União nº 141, de 27 de julho de 2015. Fundamento Legal: No disposto no inciso XIII, Artigo 24, da Lei nº 8.666/93. Vigência: 03/12/2015 a 03/05/2018. Valor Total: R$10.008.666,00. Fonte: 100000000 - 2015NE801619. Data de Assinatura: 03/12/2015

[ATUALIZADA 19/11] Nesta quinta-feira, 19 de novembro, foi divulgado no Diário Oficial da União, a banca organizadora da seleção para o Concurso do IBGE. A responsabilidade ficará para a Fundação Getúlio Vargas – FGV. A oferta é de 600 vagas.

De acordo com a assessoria da FGV, os editais estão em fase de ajustes finais e serão lançados no dia 18 de dezembro de 2015. 140 vagas serão para o cargo de Analista e Tecnologista (nível superior) para lotação em 15 estados e no Distrito Federal. O restante das vagas, 460 serão para o cargo de Técnico em Informações Geográficas e Estatística (nível médio) para lotação em 165 municípios para 24 estados e no Distrito Federal.


Assine o canal para não perder nenhum dos nossos programas 

A maioria das vagas autorizadas será para lotação na sede do órgão, no Rio de Janeiro, onde estão as principais Diretorias de Coordenação. As demais vagas serão distribuídas em diversas cidades do país, conforme o projeto básico do concurso. Veja a distribuição de vagas por estado.

Confira a distribuição das 600 vagas

- Analista de Planejamento, Gestão e Infraestrutura em Informações Geográficas e Estatística (Nível superior - 90 vagas). Salário inicial de R$7.662,49.

- Tecnologista em Informações Geográficas e Estatística (Nível superior - 50 vagas). Salário inicial de R$7.662,49.

- Técnico em Informações Geográficas e Estatística (Nível médio - 460 vagas). Salário inicial de R$3.319,45

*Auxílio alimentação de R$373,00 para todos os cargos.
 
[ATUALIZADA 10/11] O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) anunciou que pretende anunciar a organizadora da seleção no próximo mês, dezembro, quando também será divulgado os editais para Técnico (nível médio) e Analista e Tecnologista (nível superior). Os nomes das bancas candidatas não foram revelados.

[ATUALIZADA 15/10] O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) têm como proposta divulgar os editais no dia 21 ou 22 de dezembro, no Diário Oficial da União (DOU) para cargos em nível médio e superior.

Já as provas objetivas têm previsão para o dia 06 de março de 2016 para os cargos de nível superior e, e no dia 13 de março para os cargos de nível médio.

Nesse planejamento, o IBGE também prevê as inscrições entre os dias 4 a 28 de janeiro, para todas as funções. Essas datas foram propostas às candidatas a organizarem o concurso, e serão confirmadas ou não após a contratação da banca.

Segundo a Assessoria, o momento é de escolha da organizadora. Fonte ligada ao instituto revelou que a definição da banca não deverá passar de novembro, o que se confirma com o cronograma inicial.

[ATUALIZADA 14/10] Com edital previsto até janeiro de 2016, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística já divulgou a distribuição das 600 vagas disponibilizadas para o novo concurso. Das vagas ofertadas, 460 serão para cargos de nível e 140 vagas para nível superior. Confira a distribuição

Neste novo concurso não serão contempladas as localidades previstas no Anexo I do Edital nº 2/2013 (concurso realizado em 2013)

Para a antecipação do edital, o próximo passo será a escolha da banca para a seleção

[ATUALIZADA 17/09] O MPOG informou que o concurso do IBGE não sofrerá com a suspensão dos concursos em 2016, tendo em vista que o concurso já foi autorizado. Portanto, estamos aguardando mais informações do edital que deve estar próximo.

[ATUALIZADA 27/07]O Concurso do IBGE 2015 está AUTORIZADO. O Ministério do Planejamento autorizou o concurso do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Foi aprovada 600 vagas de Nível Médio e Nível Superior. Comentamos sobre isso no nosso Resumo do dia:
 


Vagas


90 vagas para Analista de Planejamento, Gestão e Infraestrutura em informações Geográficas e Estatística. (Nível Superior, salário inicial de R$ 7.662,49)

50 vagas para Tecnologista em Informações Geográficas e Estatística. (Nível Superior, salário inicial R$ 7.662,49)

460 vagas de Técnico em Informações Geográficas e Estatística. (Nível Médio, salário inicial R$ 3.319,45)

(Auxílio alimentação de R$ 373,00 para todos)

Confira também:
Concurso Caixa CEF
Concurso BB 2015
Concurso Correios


Nível Superior de Analista e Tecnologista existe uma Retribuição por Titulação (RT) Especialização - R$ 392,92


Mestres - R$ 785,84

Doutores - 1.734,39


Nível Médio de Técnico existe uma Gratificação por Qualificação (GQ)


Nível I - R$ 426,36

Nível II - R$ 810,08

Nível III - R$ 4.858,61

O Concurso tem um prazo de 6 meses para lançar o edital, que vai até janeiro de 2016, porém a publicação deve ocorrer o quanto antes. A responsabilidade pela realização do concurso será da Secretária-Executiva do Ministério do Planejamento, que divulgará editais, portarias ou outros atos administrativos.


[ATUALIZADA 19/06]

A liberação do edital está andando bem depressa. O pedido chegou, dia 15 de Junho, na Secretaria Executiva - 3/GABIN., e já está sendo analizado, ou seja, logo deve sair uma posição do Ministério do Planejamento se vai ser possível liberar o concurso ou não. Mas tudo indica que sim.

Esse pedido contém a autorização para abrir 660 vagas de níveis médio e superior.

[FIM DA ATUALIZAÇÃO]
 

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) poderá abrir um concurso público para este ano de 2015, informações que foram passadas pelo diretor-executivo do instituto, Fernando Abrantes, que teve uma reunião com membros da Associação e Sindicato Nacional dos Servidores do órgão (ASSIBGE-SN). Serão 660 vagas para nível médio e superior completo, sendo 400 somente para o cargo de técnico, exigindo nível médio do candidato. A reunião ocorreu devido às manifestações dos servidores, ocorrida na sede do IBGE, no Rio de Janeiro.  As principais questões que os funcionários do instituto reivindicam a diretoria do órgão é a realização de concursos públicos, o cumprimento do acordo firmado após o término da última paralisação e a reestruturação das carreiras.

Fernando Abrantes confirma acreditar que o IBGE está em um bloco de órgãos públicos que serão contemplados com novos concursos deste ano de 2015. O diretor-executivo do IBGE informa que a expectativa é abrir concurso público para preencher 660 vagas para níveis médio e superior completos, tão logo o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) autorize a solicitação que foi protocolada na pasta. O diretor da ASSIBGE-SN, Matheus Canário disse que o diretor do IBGE explicou que a proposta do concurso para este ano está no projeto de orçamento do governo federal, porém, será necessário aguardar a aprovação da Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2015, para que o MPOG possa dar o aval.

Para o possível concurso do IBGE 2015, serão 660 vagas - abaixo do que foi solicitado, 1.564. 400 oportunidades serão para técnico em informações geográficas e estatísticas, um cargo que exige do candidato nível médio completo. O salário inicial atual para a função é de R$ 3.323,91. As 260 vagas restantes serão distribuídas para diversas funções, como de analista e tecnologista, exibindo nível superior e com remuneração de R$ 7.039,83, podendo aumentar para R$ 7.414,02, R$ 7.788,25 ou R$ 8.691,63, dependendo de títulos de aperfeiçoamento, como mestrado ou doutorado. Todos os valores estão incluso o auxílio alimentação, que é de R$ 373,00.
 

 

Último concurso do IBGE


Executado pela Fundação Cesgranrio, em 2013, o concurso do IBGE também serve de ponto de partida para o início dos estudos para o tão espero processo de seleção. O instituto ofereceu 420 vagas para cargos de técnico (300), analista (60) e tecnologista (60). Diversas unidades federativas foram contempladas com oportunidades para a primeira função, entre elas, Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Amazonas, Bahia e Pernambuco. Já para as de analista e tecnologista, as oportunidades foram para o Rio de Janeiro (capital). Para os candidatos que escolheram disputar o cargo de técnico, exigindo o segundo grau, fizeram prova objetiva que continha 60 questões, sendo dez para cada uma das disciplinas à seguir:

Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico, Geografia, Conhecimentos Específicos, Conhecimentos Gerais e Noções de Informática. Para os concorrentes às vagas de analista e tecnologista, cargos de nível superior completo, foi aplicados: prova objetiva, exame discursivo, para o cargo de analista de área de Análise de Sistemas/Desenvolvimento de Aplicações, e prova prática para tecnologista das áreas de Edição de Vídeo, Geoprocessamento e Programação Visual/Planejamento e Desenvolvimento para Mídias Eletrônicas.
 

Conheça a IBGE


O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, que utiliza a sigla IBGE, é uma organização pública responsável pelos dados e estatísticas brasileiras. O órgão é responsável por fazer a censo demográfico, que é uma pesquisa sobre a população, reunindo dados como o número total de habitantes, sexo, etc.

O IBE é ligado ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), produzindo, fazendo análises, pesquisas e divulgando informações demográficas, econômicas e sociais do país, sempre dividindo por Estados, cidades, dentre outros. O objetivo é fazer com que todos os governantes e a população tenham conhecimento sobre o país.

Outra responsabilidade do IBGE é a análise e produção de Índice de Preços ao Consumidor, sendo medidas para calcular a variação do custo de vida das famílias brasileiras. Para calcular esse índice, são realizadas pesquisas mensais em onze cidades diferentes. Com todos esses dados recolhidos pelo IBGE, é possível que os Governos, fazerem planejamentos de médio e longo prazo para o país, a fim de melhorar a qualidade de vida, renda, habitação e todos os fatores que permeiam a vida de um cidadão.

Formas de Pagamento

85% de aprovação em concursos
SSL