Servidor Público: 4 Itens que fazem a diferença nessa carreira

Elo logo mini

Passar em concurso público é o sonho de milhões de brasileiros. Em tempos de incertezas na economia, quando grandes empresas demitiram muitos funcionários, esse desejo ganhou ainda mais força. E a justificativa é válida, ser um funcionário público federal, estadual ou municipal significa desfrutar de muitas vantagens em comparação com a iniciativa privada.

Os benefícios são muitos e vão bem além da tão falada estabilidade. Conheça a seguir algumas vantagens que vão te motivar ainda mais nos estudos para passar em um concurso público.

Leia também: Série de Textos "Guia Definitivo do Concurseiro de Primeira Viagem"
 

1) Estabilidade


Quando contratados, os funcionários públicos passam por um período de estágio probatório que geralmente é de 3 anos. Após esta fase, o servidor não pode mais ser demitido sem justa causa. Ele só poderá perder o emprego em caso de desrespeito à Constituição e Estatutos do setor, e mesmo assim o desligamento ainda depende de julgamento em processo administrativo ou sindicância interna.

A estabilidade é um mecanismo de proteção dos servidores, garantindo que o trabalho continue mesmo com a troca de governos. Imagine se a cada eleição, todo o quadro de funcionários públicos fosse substituído... O país ficaria paralisado.
Além do cargo, a estabilidade ainda se reflete no pagamento dos salários. Diferentemente do setor privado, não há atrasos, os pagamentos são rigorosamente pontuais e muitas vezes até adiantados, como os que acontecem antes de finais de semana ou feriados.
 

2) Salários acima da média


Quando comparados com cargos de escolaridade equivalente na iniciativa privada, os salários do setor público são quase sempre superiores. Segundo o Portal do Servidor, em média, os salários chegam ao dobro das empresas privadas.

Benefícios concedidos

Além de bons salários e a garantia de estabilidade, os funcionários públicos ainda gozam de muitos benefícios que podem fazer com que seus rendimentos sejam ainda maiores. Dependendo do cargo e função, você pode contar com vários adicionais somados ao pagamento, como por exemplo:
 
  • Retribuição pelo exercício de função de direção, chefia e assessoramento;
  • Gratificação natalina;
  • Adicional por tempo de serviço;
  • Adicional pelo exercício de atividades insalubres, perigosas ou penosas;
  • Adicional pela prestação de serviço extraordinário;
  • Adicional de férias;
  • Adicional noturno;
  • Adicional de horas extras.
     
A cada 5 anos de trabalho, o servidor conta também com a Licença Prêmio, podendo tirar 3 meses de “férias” para fazer o que quiser. Há ainda licenças especiais para servidores que querem se aprimorar através de cursos, graduações e pós-graduações. A flexibilidade para estudo é um grande diferencial.

Outra licença muito interessante é a concedida para tratar de assuntos de interesse particular. Nesta modalidade, o servidor pode se afastar por até 3 anos do trabalho. Embora fique sem receber seus salários neste período, o cargo fica preservado para quando ele quiser voltar. Um benefício assim é algo inimaginável na iniciativa privada.
 

3) Jornada de trabalho


Outro ponto a favor dos cargos públicos é a menor jornada de trabalho comparada com o setor privado. Mesmo com salários maiores e benefícios, os funcionários públicos geralmente trabalham menos. A jornada de trabalho de 6 horas diárias é padrão para a grande maioria dos cargos.
 

4) Aposentadoria


Esta talvez seja a maior vantagem dos cargos públicos. Quem já ocupa um cargo no setor público há algum tempo se aposenta recebendo o valor integral de seus salários. Já os concursados aprovados desde Fevereiro de 2013 seguem as normas do regime da Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal (Funpresp). O novo regime também permite a aposentadoria com recebimento do valor integral, porém, ele não é mais obrigatório. O funcionário pode escolher com quanto irá contribuir com a sua poupança de aposentadoria. A contribuição é dedutível do imposto de renda, e na ocasião da aposentadoria, paga 100% da rentabilidade líquida sobre os investimentos em sua conta.

Outro ponto positivo é que os aposentados ainda podem voltar ao setor público. Ou seja, se o aposentado passar em um novo concurso poderá trabalhar normalmente e receber a aposentadoria integral mais o novo salário.

Depois de conhecer todas estas vantagens, é impossível não sonhar com uma carreira como funcionário público, não é mesmo? Todas as dificuldades e sacrifícios enfrentados durante o período de estudo e preparação valem a pena no final. Então, bons estudos, o emprego dos seus sonhos espera por você!


cursos-gratuitos-para-concursos
 

Formas de Pagamento

85% de aprovação em concursos
SSL