Concurso da PRF chegando com 261 vagas e salários de mais de R$ 3.000,00 para Nível Médio

Elo logo mini

Os interessados em concorrer às 261 vagas de agente administrativo (de nível médio, com remuneração inicial de R$3.689,77) que serão oferecidas no concurso que está sendo preparado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) ganharam um bom incentivo para se dedicarem ainda mais aos estudos. Nesta quarta-feira, dia 5, o coordenador-geral de Recursos Humanos do órgão, inspetor Adriano Furtado, afirmou à FOLHA DIRIGIDA que o objetivo é aplicar as provas da seleção em todas as capitais do país. No primeiro concurso promovido para a área administrativa da PRF, em 2012, as provas foram aplicadas apenas em Brasília, onde foram concentradas as 71 vagas em disputa (sendo 67 para agente administrativo), exigindo um grande deslocamento por parte de candidatos que residissem no restante do país. Nesta nova oportunidade, assim como as provas, as vagas também serão distribuídas por outras capitais (não haverá lotação em cidades do interior).

Segundo Furtado, dentro de 15 dias o órgão deverá concluir o levantamento das vacâncias nos estados e promover concurso de remoção para os atuais servidores administrativos. Somente após isso é que será definida a distribuição das vagas e serão enviadas propostas às organizadoras, para que seja escolhida a instituição que ficará a cargo da seleção. “Temos várias providência a tomar, mas pretendemos divulgar o edital do concurso o mais rápido possível”, afirmou o inspetor. O prazo para a divulgação do edital vai até 30 de junho, mas devido ao objetivo do órgão de contar com os novos servidores administrativos ainda este ano, a tendência é que o documento regulador do concurso seja publicado em poucas semanas. Isso porque, para conseguir nomear os aprovados em 2014, é necessário homologar o concurso até 5 de julho (três meses antes das eleições), quando começa o chamado período eleitoral. No concurso de 2012, a PRF precisou apenas de três meses para concluir o concurso após a divulgação do edital.

Naquela oportunidade, a seleção foi feita por meio de provas objetivas e investigação social e/ou funcional. A avaliação objetiva foi composta por 120 questões, sendo 50 de Conhecimentos Básicos (Língua Portuguesa, Ética e Conduta Pública, Legislação Relativa à PRF e Noções de Informática e de Matemática) e 70 de Conhecimentos Específicos (Noções de Direito Constitucional, de Direito Administrativo e de Estatística). Para ser aprovado, foi necessário obter, no mínimo, dez pontos na parte básica, 21 na específica e 36 no conjunto das provas.

Fonte: Folha Dirigida

Formas de Pagamento

85% de aprovação em concursos
SSL